Quando dois ativos se encontram!


Chega na hora H e ninguém fez a fatídica pergunta “a ou p?” ou – o que é pior – um entende “sou passivo”, quando o outro quis dizer, na verdade, “procuro passivo”…

Que a batalha comece!

ativoXAtivo

Clique para assistir ao vídeo.

Claro que isso jamais acontece aqui no ES, néam? rs

Eu fiquei assim, poético:

“Adoro pau mole/pelo que ele expõe de vulnerável e pelo que encerra de possibilidade./Adoro pau mole/porque tocar um pressupõe a existência de uma intimidade e uma liberdade/que eu prezo e quero, sempre./Porque ele é ícone do pós-sexo/(que é intrínseca e automaticamente/– ainda que talvez um pouco antecipadamente)/sempre um pré-sexo também”.

Na verdade, o vídeo é uma campanha sueca sobre prevenção do HIV e sobre a importância de se fazer o teste.

11 comentários sobre “Quando dois ativos se encontram!

  1. vixe é complicado mesmo,eu era ativo,mas tive que aprender a ceder as vezes pra não perder um cara que era simplesmente a realização de todos os meus sonhos….rsrs exceto por esse detalhe,eu tive que ceder e ele tbm claro rsrs mas é bem frustrante isso

      • Já são tão poucos e a bicha ativa mira nas pregas da outra!

        Mas, falando sério, acho essa linha ativo e passivo um tanto frágil.

        • É, eu nunca senti essa fragilidade, mas talvez porque eu nunca fui homem mesmo pra entender a dinâmica como os outros gays entendem

      • poxa não tem como saber ue rsrs….as vezes tu gosta do cara e pá….ai na hora do vamos ver…o cara fala que é ativo….putz….bem enfim…eu não gosto de ser passivo,mas faço dependendo do cara,se ele topar ceder tbm,pq senão eu paro ali mesmo

  2. E o poema “pau mole” é lindo demais.
    Me divirto horrores quando escuto. Gostaria de ver pessoas recitando poemas do livro Bucólicas de Hilda Hilst.
    Cadê as bichas de sarau para promover algo?
    O reizinho gay

    Mudo, pintudão
    O reizinho gay
    Reinava soberano
    Sobre toda nação.
    Mas reinava…
    APENAS….
    Pela linda peroba
    Que se lhe advinhava
    Entre as coxas grossas.
    Quando os doutos do reino
    Fizeram-lhe perguntas
    Como por exemplo
    Se um rei pintudo
    Teria o direito
    De somente por isso
    Ficar sempre mudo
    Pela primeira vez
    Mostrou-lhes a bronha
    Sem cerimônia.
    Foi um Oh!!! geral
    E desmaios e ais
    E doutos e senhoras
    Despencaram nos braços
    De seus aios.
    E de muitos maridos
    Sabichões e bispos
    Escapou-se um grito.
    Daí em diante
    Sempre que a multidão
    Se mostrava odiosa
    Com a falta de palavras
    Do chefe da Nação
    O reizinho gay
    Aparecia indômito
    Na rampa ou na sacada
    Com a bronha na mão.
    E eram ós agudos
    Dissidentes mudos
    Que se ajoelhavam
    Diante do mistério
    Desse régio falo
    Que de tão gigante
    Parecia etéreo.
    E foi assim que o reino
    Embasbacado, mudo
    Aquietou-se sonhando
    Com seu rei pintudo.
    Mas um dia…
    Acabou-se da turba a fantasia.
    O reizinho gritou
    Na rampa e na sacada
    Ao meio-dia:
    Ando cansado
    De exibir meu mastruço
    Para quem nem é russo.
    E quero sem demora
    Um bocado negro
    Para raspar meu ganso.
    Quero um cu cabeludo!
    E foi assim
    Que o reino inteiro
    Sucumbiu de susto
    Diante de tal evento…
    Desse reino perdido
    Na memória dos tempos
    Só restaram cinzas
    Levadas pelo vento.

    Moral da história:
    a palavra é necessária
    diante do absurdo.

  3. Bom poema Billy. Passivo X Passivo nunca vi, mas tenho koocuriosidade de ver. Max, pare de jogar na nossa cara, a sua androgenia dada pelos deuses, fico com inveja.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s