Hoje tem Cinemão!


Calma, bee, não é o Cinerótico

Hoje (01/11), no Festival de Vitória, tem a III Mostra Quatro Estações, mostra competitiva com filmes de temática LGBT, que valorizam a diversidade sexual e abordam seus temas pertinentes, como direitos humanos, preconceito, identidade, relações de gênero e outros.

Os filmes são exibidos em sessão única, à meia-noite e concorrem ao Troféu Marlene de melhor filme. Hoje é também a grande estreia do filme Meninos do Arco-Íris, de Herbert Pablo e Lamartine Netto, do qual falamos anteriormente aqui.

Veja a programação completa para esta noite:

Olympias (Documentário, 11’, RJ), de Bia Medeiros. As Olympias de Fernando Codeço são as travestis do bairro da Glória, Rio de Janeiro. O projeto é feito em referência à obra Olympia (1863), de Édouard Manet, que retrata uma prostituta. Fernando desenha as travestis e realiza performances nas ruas do bairro.

meninos do arco írisMeninos do Arco-Íris (Documentário, 22’, ES), de Herbert Pablo e Lamartine Netto. Anita é uma menina que mora numa ilha repleta de passagens para mundos secretos. Ao encontrar a porta que a levará ao Arco Íris – universo mágico habitado por sete seres encantados – Anita realizará seu desejo de se transformar em menino?

Algumas Mortes (Ficção, 10′, SP), de Lucas Camargo de Barros. “Filho, senti você muito ansioso no domingo, saiba esperar o tempo das coisas. Durma mais, fume menos e controle melhor os seus gastos. Se cuide. Te amo.”

o pacoteO Pacote (Ficção, 18′, SP), de Rafael Aidar. Em um bairro periférico de São Paulo, o jovem Leandro ingressa como aluno em uma nova escola. Na classe, conhece Jefferson, que lhe apresenta sua nova turma de amigos. Com o passar dos dias, os dois rapazes se identificam e ganham intimidade, até decidirem ficar juntos. A relação é posta em prova quando Jeff revela que é HIV positivo.

Tubarão (Documentário, 13′, PE), de Leo Tabosa. As dificuldades de um estrangeiro em adaptar-se a sua nova realidade.

Tomada Única (Experimental, 24′, SP)filme coletivo com os episódios “Mata Adentro”, de Claudia Priscilla, Hilton Lacerda e Rodrigo Bueno; “O Sangue de Jesus Tem Dendê”, de Daniel Lisboa; “Falos e Badalos”, de Anita Rocha da Silveira; “Y”, de Dácio Pinheiro e Stefan Fähler; “Sem Título”, de Nino Cais; “Amor e Outras Construções ou Uma Boca/Que Abarcasse/Tanto C*”, de Gustavo Vinagre; “Delete Deleite”, de Karen Black e Ana Izabel Aguiar e “Lagoa Remix”, de Leonardo Mouramateus. Diretores e artistas receberam um email com alguns filmes do Cinema do Desbunde dos anos 70 e um cartucho de super-8 para produzirem um filme em Tomada Única. Uma resposta de hoje a um passado idílico do corpo no cinema.

Está imperdível. É uma ótima oportunidade para assistir o que de bacana temos produzido em nosso país na área do audiovisual – fugindo dos filminhos farofas hollywoodianos -, além de conhecer gente bacana daqui e de fora do estado – se é que você me entende.

Serviço: III MOSTRA QUATRO ESTAÇÕES

Quando: Hoje, 1º de novembro (sexta-feira), à meia-noite. 

Onde: Na Estação Porto, no Centro de Vitória.

Quanto: DE GRAÇA!!!!

—————————–

E amanhã (sábado), tem festinha de Encerramento do Festival. Vai ser fogo purooooooo:

festa de encerramento

Acompanhem a programação do festival, porque tem muito filme do babado!

5 comentários sobre “Hoje tem Cinemão!

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s