O caso da bandeira perdida: Elza ou boa ação? [ENCONTRADA]


elza_soares_3

A bandeira foi encontrada, realmente, como nós esperávamos, uma boa pessoa guardou pros meninos ❤

Vocês souberam, através da nossa programação, que teve mais um Piquenique na Pedra da Cebola ontem, né? Aliás, depois quero fazer um texto muito do mal-educado pra uma galera que está RECLAMANDO da presença em massa de heterossexuais no evento… e em qualquer ambiente GLS.

Essa semana eles levaram aparelhos de som e projeção para passarem filmes de temática LGBT para os presentes, e pelos comentários na página do evento, foi um sucesso.

Acontece que no final do encontro, o pessoal da produção ficou tão atarefado juntando os equipamentos de som e imagem que esqueceram uma bandeira gigante pendurada numa das árvores. Mas quando voltaram para buscar, a bandeira havia sumido.

Segue o pedido de ajuda no Facebook:

1374214_631363553561199_2096877576_n

tamborA bandeira é gigante, beesha, acho que cabiam umas 30 viados plus size sentadas nela, acompanhadas de suas cestinhas de comida. Algo desse tamanho não sumiria assim, né?

Então das duas uma: Ou uma bee muito prestativa encontrou a bandeira e guardou pra entregar pra produção, ou uma elza truqueira dobrou a delícia e enfiou na mochila.

Acontece que já são quase 14 horas e o pessoal da produção não recebeu nenhuma mensagem sobre alguém ter encontrado.

Pensando nisso, tô usando o blog pra pedir que você, mesmo que tenha roubado (ninguém vai saber se você não disser), entre em contato com os meninos CLICANDO AQUI e devolva. Aquela bandeira é muito importante pra eles, além de ser caríssima, é o símbolo do Piquenique desde o primeiro encontro. Tem valor sentimental.

Entretanto, caso você não queira devolver, saiba que eu estou neste momento ligando pra todas as amigas pembeiras e mestres das forças ocultas para planejarmos uma confraternização repleta de tambores, totalmente inspirada na mudança da aparência do seu edi:

tamboreee

8 comentários sobre “O caso da bandeira perdida: Elza ou boa ação? [ENCONTRADA]

  1. Acho triste alguém ter uma mente tão fechada a ponto de achar que pessoas LGBT só podem andar com pessoas LGBT e héteros só podem andar com héteros, etc. Principalmente quando é alguém que também é LGBT. Aí começa a hipocrisia e se eu for falar alguma coisa ainda levo pedrada.

  2. Participei das reuniões/assembleias na UFES sobre as próximas manifestações.
    Quando falavam em temática gay para tirar Marco Feliciano, cura gay… 99,98% das pessoas presentes apoiavam os gays, sim pq tinha apenas 2 mula lá q eram contra. E era muita gente lá ! O grande detalhe é que simplesmente todos eram HT.
    Como não aceitá-los entre nós ?
    Queremos o apoio deles, mas queremos segregá-los de nossa vida ?
    Quem dera se tivesse 2 mil Ht na Pedra da Cebola. Imagine a força que isso representaria ?
    Essas beshas que reclamam são primitivas.

    • Outra, que o evento é por todas as cores do amor, a heterossexualidade também faz parte da diversidade. Dizer o contrário, pra mim, é ‘assumir’, é dizer pro mundo que ser hétero é o padrão de fábrica pré-definido. Quando não é.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s