DENÚNCIA: Você está fazendo a chuca na posição errada!


Beeshas! Minha vida acabou de tomar outro rumo, depois que vi um site falando sobre a maneira que defecamos e, lógico, fazemos a chuca.

E como nós somos um grupo preocupadíssimo com a saúde e o bem estar do nosso edi, acho importante dividir com vocês essa epifania científica. Solta a vinheta!

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=uBHUISpZfPM]

*Imaginem a aguinha simbolizando a última água após uma longa chuca: límpida como os rios de Bonito – Rio Grande do Norte*

Agora assistam o vídeo abaixo:

Pras que não sabem inglês, eu explico.

Segundo importantérrimos estudos de cocologia, nosso corpo foi projetado para defecar de cócoras, a posição mais antiga já conhecida.

pub ret 33

Isso porque envolvendo o nosso canal retal (o tubo onde a neca se diverte) existe um músculo chamado Puborretal.

Esse músculo é o amigo da beesha que faz pegação em banheiro de shopping, pois ele tranca o começo do Reto e impede que os tic-tacs que a gente almoçou saiam enquanto estivermos em pé com as mãos na parede. Mesmo depois de bater um pratão de strogonoff no Spoletto (olha o merchan).

Assim:

pubret 1

E quando sentamos…

pubboret 3

Ele abre o caminho pra saída do babado todo, como a gente já está acostumada a fazer todo dia.

Entretanto, o site diz que esse caminho não é aberto o suficiente (não sei o seu, né?) e, portanto, essa posição não é saudável para o Reto, por motivos óbvios da figura, e pode causar constipação, colite, apendicite, câncer de cólon e o pesadelo de toda passiva:  AS TEMÍVEIS HEMORRÓIDAS!

AHHHHHHHHHHHHHHH:

01235

Por isso, a posição certa é essa, que deixa livre a passagem:

puboret 2

Com isso, resolveram criar uma invenção prática, patenteada, adaptável e baratíssima. Mas acima de tudo, INOVADORA:

cocoô

UM BANQUINHO! :O

Genial!

Genial!

Eu não posso afirmar nada sobre o assunto, pois me alimento de luz e não tenho o que defecar. Mas vocês podem fazer o teste e me contar: Ficar nas pontas dos pés ou usar um banquinho facilitam a saída do Produto Interno Bruto?

Se facilitam, agora eu consigo entender porque a posição de frango assado permite uma penetração muito mais profunda em relação às outras.

Não clique aqui

22 comentários sobre “DENÚNCIA: Você está fazendo a chuca na posição errada!

  1. Max, vc que é da área da saúde:

    Os gays ainda são considerados grupo de risco? Por exemplo,antigamente gays eram proibidos de doar sangue, isso continua?

    Pergunto isso, pq hoje fui a um infecto, levar uns exames, graças a Deus, tudo normal com minha saúde. Mas, senti um tratamento diferente do médico quando eu disse que fazia sexo com homens.

    Ele fez um discurso sobre risco de sexo oral, algo que não tinha feito na consulta anterior. Isso tudo misturado com uma postura, um tom de voz meio ríspido. Parecia que ele queria dizer “você não tem nada, mas vai ter”.

    Quis pensar que foi impressão minha,mas saí do consultório bem para baixo.

    • Tá vendo como vocês são preguiçosas? Se você participasse do grupo de estudo sobre sexualidade, que eu convidei, saberia tudo isso. Discutimos exatamente isso lá ontem.

      Não existe grupo de risco para nenhuma ciência da saúde senão a Infectologia, é a única que pode determinar esses grupos. Entretanto, a lógica da Infectologia para essa determinação não é social, não é os “os gays são grupo de risco”, não. TODOS os indivíduos que fazem sexo passivo desprotegido são grupos de risco, inclusive mulheres, homens héteros, assexuados, intersexo, QUALQUER um que tenha o COMPORTAMENTO arriscado, e isso não tem nada a ver com sexualidade. Entendeu o que une o “grupo” na história?

      Se qualquer profissional da saúde fizer essa vinculação, META O PROCESSO.

      p.s.: Sobre a doação, não é proibido mais… mas na prática a gente sabe como é, né?

      Aqui tem um vídeo meu até, falando sobre isso na época que permitiram a doação http://www.youtube.com/watch?v=51OzWgCo7O0

      • Ai, Max.. briga comigo não, já estou meio arrasado. 😦

        E o pior, que nem soube me defender daquela situação. O discurso preconceituoso daquele fdp foi tão velado, que nem saberia como responder.

        E quarta-feira, eu matarei aula e participarei do grupo de estudo.

    • Sei o q vc sentiu. Já fui em uma médica e comentei que era gay. Ela fez cara de assustada e me perguntou pq entrei “nesse mundo”.

      • Depois as pessoas dizem que educação é bastante para diminuir preconceito.
        A pessoa passa anos na faculdade, tem acesso a um mundo de informação, mas se mantém incralacado no preconceito.
        É um mundo ferrado mesmo.

  2. pra dar o cu precisa desse banquinho tb? fiquei com medo agora, gosto de dar sentada e não de cócoras? Agora alem do lubrificante, da camisinha e do viagra pro boy eu vou ter que andar com esse banquinho de um lado pro outro? como vou levá-lo quando for fazer pegação na rodoviária?

  3. Muito bom video, muito interessante so falto video explicativo sobre a maneira mais eficaz da chuca, tbem adorei a explicação sobre doação de sangue, pois morro de vontade de doar…sangue

  4. É o design ajudando na saúde das pessoas hauhahahua, mas ano passado tinha visto esse estudo, nesse ano que começou a ser comercializado….

  5. Desde criança cago de cócoras e é mil vezes melhor pra cagar. Nessa posição parece que consigo liberar muito mais e tb, as vezes, termina tudo limpinho.
    Curto ser ativo e eventualmente sou passivo, porém nessas vezes nunca passei cheque, será q é por isso ?

    Esses dias fui no proctologista, pois tive uma leve e pequena hemorroida, tanto que nem doía( primeira vez que tive uma). Ele comentou diversos hábitos que contribuem para a hemorroida e uma delas foi cagar de cócoras. Eu disse que fazia isso. Ele explicou: além do perigo do vaso quebrar, a posição contribui para o aparecimento devido ao esforço maior que se faz nessa região. A explicação foi algo neste sentido.

  6. Excelent! A ARTE DE BEM CAGAR! Tem gente tentando explicar e divulgar isso faz décadas, mas infelizmente ainda está longe de ser suficientemente conhecido – e aí a gente mesma acaba esquecendo.

    E depois tem que a arquitetura não colabora. Banquinhos podem cair, uma caixa de madeira seria melhor. Ou uma plataforma elevada feita em tijolos mesmo, do lado do vaso, pra que ele continue multiuso, pra seres evoluídos que obram de cócoras, e para os comuns dos mortais.

    Vale observar que o mesmo vale para o parto, embora a maior parte de nós não passe por isso (a não ser na hora de ser parido, é óbvio). Em Curitiba tem o Dr Paciornik, que depois de trabalhar entre os índios kaingang montou uma clínica especializada onde as ricas soltam uma bela grana para terem o privilégio de parir como índias 🙂

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s