A petição contra Silas Malafaia e uma verdade incoveniente


Agora que acabou o carnaval, vamos falar de coisa séria: Está circulando por toda a internet uma petição com a intenção de cassar o registro de psicólogo do Silas Malafaia, devido às constantes manifestações homofóbicas dele.

Cata o conteúdo da petição:

doença

Observem que eles estão se pautando na CFP 001/99, uma lei do Conselho Federal de Psicologia que estabelece uma série de regras sobre como um psicólogo deve se comportar quando o assunto for a sexualidade de alguém.

Acontece que o foco está no crime errado quando acusam Silas de ter desrespeitado a ética profissional. Ele nunca atribuiu categoria de doença à homossexualidade, logo, se ele não considera uma doença, não é capaz de “curar”.

Observem no vídeo da entrevista, ele diz do começo ao fim que é uma escolha que pode ser mudada, não uma doença que pode ser curada. Muito diferente.

Ele até comenta a hipótese super obsoleta de Freud sobre haver ligação entre abuso infantil e homossexualidade, mas ainda assim não diz que se desenvolve uma patologia ou desordem mental devido ao trauma.

E, uma vez que a lei diz isso:

tratamento

Ele não fere nenhum dos artigos quando diz que ser homossexual é uma escolha, que deus (não ele) pode ajudar a mudar, e seus ‘pacientes’ o procuram por livre e espontânea vontade.

Infelizmente, ele é homofóbico sim, mas é espertíssimo e não dá ponto sem nó, queridas.

Mas não custa nada assinar, clique AQUI para entrar na página.

26 comentários sobre “A petição contra Silas Malafaia e uma verdade incoveniente

  1. Aí é que tá.
    Ele fala o que fala, mas nunca fala uma merdinha suficiente pra foder ele mesmo. Mesmo assim, ele não deixa de ser um ridículo e injusto nas suas declarações.
    Daí eu não sei se eu estou pedindo justiça quando assino ou se eu estou apenas sendo revanchista.
    De qualquer forma, assinei faz uns dias rsrs

  2. Ele é muito inteligente.
    Arrombou o cu da Marília Gabriela, do geneticista e ficou com medo da velhice da jurista.
    As pessoas falam tanto em RECALQUE e assinam isso.
    Muita contradição.

    Gostei do seu texto. Não acho ruim vc assinar. Direito seu.
    E achei otimo vc ter tido CEREBRO pra perceber direito o que aconteceu. As bicha é tudo burra. Só quer escandalo e confusão.

    Caçar ele porque ele manifestou a opinião é o mesmo que te perseguirem no trabalho porque vc gosta de chupar pinto.

    Por essas e outras que o fim da homofobia é uma utopia.
    É um disco furado girando, girando e sempre a mesma coisa acontece do lado de lá e de cá.

    • Na verdade não arrombou o cu do geneticista não, mas tudo bem.

      Sobre ele ser inteligente, é mesmo, pra ser sofista como ele é tem que ter um cérebro muito especial e trabalhado no maniqueísmo

    • A gente obviamente não assistiu o mesmo vídeo. Marília Gabriela conseguiu desconsertar ele pelos próprios argumentos umas meia dúzia de vezes durante a entrevista, e ele, percebendo o que estava acontecendo, começava a divagar em exemplos e situações não relacionadas com a pergunta. Não me convence nada essa história de argumentar racionalmente e, quando alguém consegue mostrar a incoerência, a pessoa responde com “está na Bíblia!”. Se é assim, pra que tentar usar argumentos lógicos?
      Dificilmente ele vai conseguir argumentar contra o geneticista utilizando o conhecimento científico, por que a maior parte da bibliografia dele já é ultrapassada.

      • Esse programa teria sido perfeito se o Jean Willys estivesse participando e esfregasse na cara da sociedade a DESONESTIDADE INTELECTUAL que esse senhor possui. A Gaby e o Jean juntos acabariam com ele mas cadê a ousadia pra fazer esse embate. #chatiadíssima

        • O Jean já destruiu essa farsa intelectual há algum tempo no vídeo em que ele questiona a presença do Pastor Silas Malafaia no debate sobre o projeto de lei no Congresso. Procura o vídeo, que é delicioso.
          O problema é que nao adianta esfregar a verdade na cara das pessoas. Quem segue ele não responde bem a argumentos lógicos. A lavagem cerebral é muito eficiente.

  3. O Silas vai de encontro com o Paragrafo Unico do Art. 3º do CFP que diz que Psicólogos não participam de tratamento e cura de homossexuais. Porém ele não usa o termo tratamento, e sim reorientação porque sabe que assim tem respaldo jurídico.

    Fora que ele utiliza o termo homossexualismo o tempo, obsoleto desde 1990 pela OMS.

    Eu estou fazendo o que acho mais coerente: não compartilho e nem divulgo nada desse pastor. Mesmo que seja para confrontá-lo.

    Mas fica minha dúvida. Será que é necessária uma petição para que o CFP e CRP do RJ tomem providências?

  4. Isso mesmo, os maiores facínoras também são inteligentíssimos e safos. Mas gente vamos combinar né? Muitos preceitos de Freud já foram refutados, não dá pra ficar evocando o pai da psicanalise toda a hora que quiser ser corroborado em sua opinião como faz ele na entrevista. Ai que coisa chata.

  5. eu não concordo que ele fale que homossexualidade seja uma opção, pois todos sabem que é uma condição, ninguém jamais ía escolher em ser chamado de viadinho e bixinha, mas acho que esse tema não deveria ter tanta importância quanto a lei que querem que seja aprovada, como foi relatada no debate; mas não, as nervorsas fazem uma tempestade num copo d’água com esse tema. só acho que todos tem a sua opnião, e eu acredito que toda crítica é construtiva, só que covenhamos: o silas tirou a gaby de sério, ele é muito intelectual, e tudo que é perguntado a ele, ele tem a resposta na ponta da língua, e todas as resposta têm fundamentos e argumentos. a respeito da lei, eu acho o seguinte: tem que ser aprovada por parte. eu dou razão ao silas quando ele fala que a intenção dos responsáveis inventores dessa lei, além de proteger os homossexuais, eles querem privilégio tbm. cá pra nós, eu sou gay tbm, só que essa lei não tem cabimento, acho que essa entrevista deu tanto pano pra manga pq todos viram que ele é realista e esperto no que fala, aew todos ficaram incomodados com algumas verdades.

    ele acabou com a travestir, tadinha!

    • Ele não é intelectual, é intelectualoide, todas informações dadas por ele ditas científicas estavam ERRADAS.

      E se você diz que existe exigência de privilégio na lei, ME MOSTRE, porque eu não encontrei nenhum direito ali que os héteros já não tenham.

  6. nós temos os mesmos direitos que os héteros têm. max, veja esse debate, deve ter mais partes, mais olha direitim que vc vai ver temas abordando essa lei mais a fundo.

    • Não nós não temos, nós ainda temos 8 direitos a menos, dos 78 que tinhamos negados antes da união estável que o seu amado Silas Malafaia quer derrubar. O seu vídeo é sofista e mentiroso

      E é isso que ele quer, que gays de inteligência mediana achem que crimes de ódio podem ser punidos como crimes comuns de agressão… Para que assim ele possa continuar cometendo os crimes dele

      Engraçado, olha o post que chegou nas minhas mãos enquanto discutia com você: http://babadocerto.com/2013/02/16/bomba-homofobia-no-gallegao/

      Mesmos direitos, né?

  7. aew max, achei o restante do vídeo. nesses vídeos têm a resposta pro seu questionamento: “E se você diz que existe exigência de privilégio na lei, ME MOSTRE, porque eu não encontrei nenhum direito ali que os héteros já não tenham.”

  8. Max, a “teoria traumática”, como é conhecida, foi renegada pelo próprio Freud – que aliás, foi quem primeiro estabeleceu que a homossexualidade não constitui “doença, nem distúrbio, nem perversão”. A teoria traumática foi logo substituída pela teoria da libido, ou da fantasia. Aliás, elas foram originalmente abordagens sobre a histeria, nada a ver com homossexualidade. A filha de Freud, Anna Freud, ela mesma um dos maiores nomes da psicanálise, era lésbica e Freud nunca viu problema nisso. Ironicamente, foi Anna Freud quem primeiro veio com essa ideia de que a homossexualidade talvez pudesse ser curada… Freud nunca disse isso, nem nunca achou isso necessário. O Silas Malafaia ter levantado a teoria traumática de Freud para especular sobre a possível origem da homossexualidade só poder ser sinal de má-fé ou de ignorância (ou os dois juntos).

  9. Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do Senhor que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes.
    2 Timóteo 2:14

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s