Estereótipos e arranca rabo no Facetruque


Sou descolada, CALABOK

Sou descolada, CALABOK

Voltei! Fiquei sem internet desde sábado e por isso não postei nada, tudo isso porque me mudei no final de semana e nada nesse mundo fazia os preguiçosos da NET aparecerem aqui em casa. E acho bom meishmo, porque aqui no morro só sobe quem os mano conhece, valheu?!

Antes de mais nada quero agradecer ao fofo do Dé que fez aquele post surpresa pra mim, e a todas as gatiras que comentaram tanto ali quanto no Facebook (por mais que eu ache mais pêsame que felicidade fazer 23 fucking anos, agradeço).

E o primeiro post da semana já começa quente e cheio de discussão cabeluda. Existe uma página no Facebook chamada “Gay por Acaso”, na qual situações cotidianas de casais heterossexuais são satirizadas e transportadas pro universo LGBT, cata algumas publicações:

61978_542370505792949_486855321_n382160_543975805632419_2041778518_n533908_543011442395522_401655581_n21655_543483975681602_1842249019_n46235_542292979134035_1032846985_n

Eu não gosto desse tipo de humor sexista, e vocês já estão carecas de saber. Mas é certo que muitos de vocês riram com as imagens acima, tudo bem, o humor é livre.

Acontece que uma racha feministona foi mais além e travou uma discussão com os caras, acompanhe (clique nas imagens para ampliar):

Sans titre 1Sans titre 2Sans titre 3Sans titre 4

Sans titre 5

Por mais que tenha sido escorraçada pela amapoa, a gente sabe que beesha que é beesha não deita assim, fácil.

E, numa tentativa desesperada de sofismar contra a moça, solta a seguinte pergunta: “Então você acha que as pessoas devem ser andróginas?”

Max:

Nem pense nisso, bee!

Nem pense nisso, bee!

Ela, muito saborosa, responde:

Sans titre 6

E, por fim, um urso aleatório mata a pau:

Sans titre 7

O post é basicamente isso. O que eu quero saber de vocês é o seguinte: Vocês concordam com a opinião da Heloisa quanto a página perpetuar preconceitos sexistas ou concordam com o “Gay por Acaso”, que isso é apenas uma forma de humor inocente?

Se bem que, pela resposta do pessoal da página, parece que eles realmente acreditam numa divisão social de papeis entre homem e mulher, o que seria absurdo demais para mim e por isso prefiro acreditar que é só humor.

Vamos votar?

Dica do Hugo

24 comentários sobre “Estereótipos e arranca rabo no Facetruque

  1. Um fato interessante, PRA MIM, é que ao menos o dono da página foi educado, não fez o que é muito comum – partir para a agressão verbal gratuita.

    Max, você arrasou no post, gata.

    Parabéns, super, hiper, mega ultra atrasado. 🙂

  2. Entendo os dois lados. Até concordo com a Heloisa que nesse humor está implícito valores machistas, sexistas,etc. mas será que os impactos dessas ”tirinhas” são tão graves assim?
    Nunca vi ninguém fazer revolução depois de ler as tirinhas humorísticas da Mafalda…

    • Não sei se a questão é fazer ‘revolução’ após ler as tirinhas. Acredito que o problema delas é que, generalizando, as pessoas, depois de ler, fazem reprodução, entendem que por estar numa rede social e por “não fazer mal a ninguém” não teria problema também reproduzir isso no cotidiano, em qualquer lugar, próximo a pessoas que não são íntimas ou próximas o suficiente pra saber que o comentário em questão é uma “piada de internet”(definição que não diminui a carga preconceituosa das palavras proferidas) e não um comentário carregado com tudo isso que a Heloisa falou.

  3. Nos dias atuais a página só serve para reforçar o preconceito. Infelizmente, vivemos numa cultura que as pessoas não conseguem diferenciar a brincadeira do real.
    Eu entendo a brincadeira, mas o problema é como as pessoas que leem recebem a brincadeira.
    Assim como “não gostar de gays”, coisa que muita gente diz sem maldade alguma, torna-se reforçado de preconceito. O maior problema não é a brincadeira ou a fala em si, e sim como as pessoas recebe. Que, ao meu ver, recebem cheio de preconceito e injúrias.

  4. É nessa de ~humor inocente, que surge o preconceito das bees “masculinas” com as mais femininas, por exemplo. Meu cu pra essa página, to com a Heloisa.

  5. Essa foi uma forma de suavizar a tensão de pessoas héteras em relação a casais homosexuais masculinos fazendo uma brincadeira com situações cotidianas de casais héteros. Não vejo um ataque às mulheres.

  6. Estou com a Heloísa.

    Mas não concordei com a frase na enquete feita pelo max.
    Como assim ” Sou feminina, e ainda assim sou mais macho que muito heterozinho”.
    Todo mundo deve ser “macho”, até gays e lésbicas, para ser digno de respeito na sociedade ? Devo ter entendido errado, max não pensa assim.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s