[18+] Ah, o amor…


Quem nunca pegou aquele boy escândalo e ficou tão apaixonada, mas tão apaixonada, que foi impossível esperar até chegar em casa pra dar um cruzo, e rolou num cantinho escuro mesmo?

Pois é, lindo, né? O problema é quando amanhece:

(Então, feche porta do quarto pra sua mãe não te pegar no flagra vendo esse absurdo, e clique na imagem abaixo)

E a gay ainda tem todo o cuidado de limpar a neca do boy quando percebe que está sendo filmadãm, ownnn ❤

Dica do Marcos

32 comentários sobre “[18+] Ah, o amor…

  1. Achei meio perturbador esse vídeo, não pelo fato dos dois serem moradores de rua e estarem fazendo sexo no meio da rua mas os caras que estavam filmando se sentiram no direito de ir lá rir da cara deles.

    Já estava vendo a hora que eles iam apanhar.

    Enfim… HA HA HA olhas os mendigos viados.

    • Apesar dos pesares, durante o vídeo eu senti um olhar tão melancólico na passiva, que eu não consegui rir durante o vídeo, sabe como se a pessoa tivesse no fundo do poço, achei bem triste mesmo, e fiquei com nojo, não pela a aparência deles, ou pelo o fato de serem moradores de rua, mas sim pela condição em que se encontravam. Quanto a atitude dos rapazes que filmaram, eu só tenho a lamentar, uma coisa é vc fazer um flagrante, outra completamente diferente é vc humilhar, como quando pressionam os pés na vítima… enfim, desnecessária a atitude dos caras que filmaram. tsc tsc tsc

          • Aquela ali, já peguei schupando debaixo do pé de árvore lá na Barra do Jucu, e ela ainda me olhou com a cara mais porca do mundo e disse: “Max, com licença, deixa eu terminar que já vou” uhUHAUHAUHAUAH

      • Também não achei nada engraçado. Me incomodou muito por serem moradores de rua, sim, porque é triste ver um ser humano igual a você numa situação degradante e, principalmente, sendo tratados como se fossem cachorros — que claro, nem eles merecem tal humilhação.

        Quando o rapaz passivo levanta e limpa o pênis do outro, ele fica olhando pra aquilo tudo com tanta tristeza e o pior de tudo EVER, com compassiva naturalidade. Era como se os jovens estivessem no direito de tirá-los a paz por serem sem-teto.

        Triste. Muito triste.

        • Uma pergunta: Como vocês têm tanta certeza de que são moradores de rua? Porque eu quando dormia no chão da Ufes depois do rock não acordava com uma aparência muito diferente não

          • Eu não tenho certeza não. Só um julgamento antecipado do que vi no vídeo: dois sujeitos transando em um local não muito apropriado. Além, claro, do olhar meio triste e perdido do passivo. :/

            Mas enfim, você é um cara vivido (haha), deve saber dessas coisas bem mais que eu. Pode ter razão sim.

          • Não, tô inferindo tanto quanto você, não faço ideia do que esses vinhádos estavam fazendo no chão HAHAHAHA

  2. Gentchy, nem sei o que pensar desse video. E a ativa continuava bombando e a passiva acho que tava anestesiadã pela bebida; e a benga odara? #nojinho, mas nao pude deixar de reparar, perceberam no close que os boys dão na benga néan. CO-RÁ-GY define.

  3. Ownnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn … a limpada na neca do boy foi um momento tão emocionante como foi quando a dama e o vagabundo estavam comendo macarrão e se beijaram acidentalmente. Fiquei super emotiva.

    Acho tendência esse tipo de coisa.

    Fiquei morta com o povo zoando, e me deu uma revolta imensa quando o cara com o pé ficou empurrando o bebum ativo.

    LEAVE BRITNEY ALONE, caralhow!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Cu de bêbado tem dono sim! deixa eles se divertirem POWRRA!

  4. Melhor é a ativa continuando o ato(deve ter dormido no ponto, pela ”rapidez” da penetração), enquanto as biba curiosas filmam tudo. Tava querendo fazer um sex-tape, sim ou claro?

  5. Talvez, com a chegada do Inquilino que Tão Forte e Tão Perto engrena realmente, pela questão do personagem convencer o garoto a deixar de lado alguns medos como andar de metrô ou mesmo andar em cima de uma ponte. Faltou um pouco de profundidade na questão das atitudes de Oskar e o porquê de ele ser bem dotado (ele tem síndrome de Asperger).

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s