O fim da crise em Vitorinha


Irmãs! Eu lhes trago a boa nova! Todos sabemos como Vitorinha passa por uma grave crise de ativos. Tem tanta passiva, mas tanta passiva, que quando vamos apertar o botão do elevador do prédio, a passiva ágil dá um salto e quando você assusta seu indicador já está dentro do edí dela. Elas são perigosas!

Acontece que um psicólogo no site do A Capa criou um revolucionário método para transformar passivas folclóricas em cafuçús comedores de primeira linha. Sim, isso mesmo, bee: desempassivação! Cata:

(…) Tanto os heterossexuais como os homossexuais são submetidos, desde cedo, as contingências de reforço sexuais. Já na infância  através dos jogos sexuais (o famoso troca-troca) e na adolescência com as primeiras experiências sexuais começamos a selecionar aqueles comportamentos sexuais que nos dão mais prazer. (…)

O que você deve fazer? Reforçar a resposta sexual sendo ativo e para isto tem que:

1. Deixar de fazer sexo passivo por um longo período;

2. Parar de se masturbar por um longo período para fica bem privado (com vontade de fazer sexo);

3. Tentar muitas vezes fazer a penetração anal. Nas primeiras vezes você terá dificuldade, o pênis vai amolecer, lá pela sétima ou oitava tentativa você conseguirá;

4. Fazer o sexo ativo por um longo período para fortalecer esse comportamento sexual. Atenção: se neste período de condicionamento da resposta você voltar a fazer o sexo passivo, poderá voltar a estaca zero. (FONTE)

“Vai ficar vendo neca até deixar de ser passiva!”

Não é demais?! Eu já proponho escolhermos uma cobaia – pode ser alguém que espontaneamente queira participar da experiência ou podemos pegar uma beesha a força. Daí fazemos tudo que o doutor falou para ver se dá certo. Mas olha, tem que ser uma passiva bem folclórica, daquelas que não gostam nem que toquem no pirú dela quando está trepando.  O difícil mesmo vai ser fazer a guei ficar sem dar, temos que arrumar vigilância eunuca 24 horas, ou umas sapatões violentíssimas.

Já pensou se dá certo? Vamos “ativar” as guei tudo! Candidatos (não faltam, né?)?

40 comentários sobre “O fim da crise em Vitorinha

  1. Eu li essa matéria há dois dias, pensei a mesma coisa.

    Morri de rir com o “Atenção: se neste período de condicionamento da resposta você voltar a fazer o sexo passivo, poderá voltar a estaca zero.”

    Gente? kkkkk

    Fiquei pensando: será que depois de quanto tempo pode-se voltar a dar?

    Será que isso varia de passivo para passivo?

    São muitos questionamentos, melhor continuar ativo de boca e de cu. kkkkkk

  2. kkkk essa crise de ativos não é só aqui na Ilha… Fiquei alguns dias na cidade maravilhosa e confesso, lá a contingência de passivas é muito maior que ativos. Logo, não tive problemas e fiquei feliz pq ninguem tentou comer minha bunda hsuahsua 😛
    Minha contribuição para essa “cura” é dizer que talvez seja impossível, é como colocar um viado com uma mulher e ele ficar tentando penetrar nela sete.. oito.. vinte.. setenta vezes… até se sentir inútil na cama. Talvez conservar os viados futuros para eles não experimentarem “dar”, para quem sabe a próxima geração ser mais ativo.

  3. funciona sim.
    eu mesmo era so passivo e achava que isso era tipo uma definição.. ae cata…
    eu entrei na academia a 2 anos e fui modificando meu corpo [assim como no post que vc fez so trans] e tomando suplementos e tal.. nunca tomei hormonios, mas acho que a propria mudança do corpo estimula a produção de hormonios e quando meu corpo ficou bem amsi masculino [maior malhado etc] chamei de cara mais a atencao de passivas..claro, no inicio eu refutei neh… mas ae um dia me veio uma passiva discretinha, linda que doia.. ae nao teve jeito, fui la comer… bixoooo, foi do jeito que ta escrito na materia… nao rolou… mas ae saimos muitas outars vezes e hoje eu ate prefiro ser ativo… digamos que nós somos adaptaveis nesse sentido… Nao virei hetero, continuo cutindo caras e ponto. mas hoje eu me acho masi completo, pq nao sou nem “pass” nem “atv” eu sou o que o momento me proprociona.

  4. maneiro ai estive alguem da serra sigiloso e d preferencia nao assumido mas tambem assumido serve deixa tel q eu lig
    o …

  5. eu me jugava passivo, mas na hora h o cara com aquela carinha de safado vem e fala me come tbm… não tem como nega, na hora do fogo não tem essa de pau mole não

    • A mesma historia sempreeeee
      sempre as travesti que tentam roubar..
      NUNCA eles assumem que foram procurar o baco e nao quiseram pagar… até quando??? ai ai.. meu cu ne

  6. amigas, agora eu só chupo néan.. mas antes quando eu saía com uma gay que se dizia ativa mas na hora eu percebia que ela queria mesmo era dar o koo eu metia sem dó. #era_ativa_e_nao_sabia kkkkk; hoje me defino como assexuada né ou frígida como disse a max… mas essas dicas tem algum fundamento sim, eu mesmo quando fico algum tempo sem fazer um boy já começo a ficar louca e até penso em comer uns koos por aí kkkkk; ai quanta indecisão bjos lyndas

  7. hahahaha, não sabia que Vitória estava nessa crise, eu que sou ativo e namoro um outro ativo e ainda não resolvemos como lidar com isso, sem nem imaginar que ativos estão tão escaços assim.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s