É a febre da nudez em Vitorinha


Clique pra ver TUUUU(…)UUDO!

Gente, está rolando polemicazeenha no Facebook! Tudo por conta do trabalho do fotógrafo capixaba Yuri Barichvich, que está fotografando as pessoas da forma como elas dormem, e, claro, uma galera aí dorme pelado e tals. Confira o trabalho aqui.

Aí rola toda aquela hipocrisia: gente chocada por conta de  nequinha inocente – e olha que nem é nudez erótica, é uma coisa natural, artística.  É engraçado: em pleno 2012 ainda há comoção por uma nudezinha boba. Todo mundo só no pornotube-pornhub-redtube e afins e fica pagando de chocadinho. Faça-me um favor…

E parece que Vitorinha foi tomada por essa febre dos pelados!!! E, em tempos de Marcha das Vadias, já até temos uma nova musa, cata (clica na imagem para ver):

“Foi um trabalho, foi necessidade!”

Ai, que orgulho, caBIXAbas! Será que é filha da lenda Pelada da Penha? E que tal aderir a essa onda, deixar o pudor de lado, todo mundo tirar a roupa e ficar andando peladão por aí, hein?

“Já pode começar?”

Se essa moda pega!!!  (ai, sempre quis acabar um texto com essa frase. YES!)

58 comentários sobre “É a febre da nudez em Vitorinha

  1. não curto o conceito das fotos. Claramente buscando uma polêmica sem apresentar uma poética verdadeira – sendo sincero, acho que parece projeto de fotografo querendo aparecer – afinal, “como dormem as pessoas” poderia ser explorado em uma visão mais intimista e não com retratos posados.mas a ideia é ótima e da até invejinha!rs

    • As fotos nao batem com o conceito apresentado no texto.
      Um momemto de intimidade deve ser minimamente representado e não forçosamente posado.
      Embora devemos respeitar o enfoque escolhido pelo autor.
      Pra quem quer ” expandir o pensamento dessa sociedade fechada, moralista e hipócrita”, recorrer a santissima trindade do lugar comum: gente branca/jovem/magra; é muito pouco!!

  2. Febre?? ai bee pelo amor de deus hein?? é só um tumblr dentro da cena underground capixaba que por sinal é minuscula…por favor né? pode ate ser que vingue, mas nao exagera pra febre gata

  3. outra coisa: desde quando uma neca é um tapa na cara da sociedade?? voces ja ouviram falar em filme porno?? existe desdo século 19

  4. Sinto uma necessidade extrema de expandir o pensamento dessa sociedade fechada, moralista e hipócrita. Se gerar “polêmica” é necessário, que assim seja. Mas vejam além de órgãos sexuais e pensem como uma afronta a todas essas barreiras que nos impõem, criadas por nós mesmos.

    Só pra deixar claro a minha intenção 🙂

    • custava uma “odarazinha”???? ficou tão hospitalar¬¬
      acho q ele deve seguir agora com o tema “como acordam”….acho bem mais substancial!!!!

  5. Foi em carapina, eu tava passando de ônibus na hora, nem consegui ver direito ; (

    “Foi um momento meu, se eu quebrei a cara problema meu”
    Já vai ser a frase que eu vou usar quando estiver trilouco! hahahaha

  6. Galerinha. Relaxem. É apenas um tumblr. Por que tudo é ruim? Sério, não falo por ser amigo do Yuri nem nada, mas o cara tá sendo reconhecido fora daqui. A matéria da revista TPM está aí rodando o país inteiro e não me deixa mentir. E tem mais. Se a pessoa dorme pelada, prfvr, registre-se pelada. Não é porno, é arte. Quer dizer que aquele fotógrafo que roda o mundo mandando tirar a roupa no meio da rua e tirando fotos coletivas é bom pq faz um flash-mob fotográfico nu? Ideias são ideias. Vcs tenham as suas e marem de miar.

    http://revistatpm.uol.com.br//so-no-site/entrevistas/como-dormem-as-pessoas.html#1

  7. uma foto de uma pessoa pelada vai “expandir o pensamento dessa sociedade fechada, moralista e hipocrita” de que forma?? isso ta mais pra pseudo intelectualismo forçado

    • Me conta, como você abriria a cabeça dessas pessoas pra deixarem esses julgamentos e falso moralismo de lado? Nossa intervenção/protesto foi dessa forma, e acho super válido… acho que as pessoas abrem mão de certas coisas à partir do momento em que essas são tratadas como normais. não é simplesmente uma “pessoa pelada” sendo retratada, e sim a quebra de valores que as pessoas ditam serem certas ou erradas. A proposta é “Como dormem…”, aí estou, durmo pelado e não me reprimo por tirar uma foto assim.

  8. Muito bom o post! As pessoas são livres para fazerem o que elas gostam! É isso ae parabéns Dé,seus posts são ótimos.

  9. Imagine o bafo que seria se eu participasse? O choque da revelação do sexo da Max abalaria os pilares do clero LGBT capixaba.

  10. Axo engraçado como um blog, que tinha tudo pra ser uma coisa fútil e volátil, se tornou sim, uma FEBRE viciosa. Parabenizo a todos vocês, o importante é levar o questionamento, interferir, positivamente ou não.
    Sobre as Fotos, Coragem! Muito alem de qualquer outra forma de expressão.
    Talvez mostrar suas “vergonhas”, choque menos que ser essa vergonha.

  11. Max desfilando completamente nu pelas ruas de Vitória!!! Oh my god! Esse Max viu,é por isso que é maneiro,é isso ae. 🙂

  12. é um trabalho legal, uma idéia bacana, bem feita e SÓ. o problema das pessoas é querer intelectualizar tudo…uma foto sua de como voce dorme, pelado, não é protesto algum…você fala de hipocrisia da sociedade mas nao deixa claro contra o que voce diz lutar…esse papinho é tão clichê, tão furado que nao convence mais

  13. a sociedade não é hipócrita só pq nao quer tirar fotos dos seus paus e bucetas e postar por ai, e o nu artistico sempre foi respeitado…não há luta sem causa

  14. Toda arte é completamente inútil

    O artista é o criador de coisas belas.

    Revelar a arte e ocultar o artista é a finalidade da arte.

    O crítico é aquele que pode traduzir, de um modo diferente ou por um novo processo, a sua impressão das coisas belas.

    A mais elevada como a mais baixa das formas de crítica é uma espécie de autobiografia.

    Os que encontram significações feias em coisas belas são corruptos sem serem encantadores. Isto é um defeito.

    Os que encontram belas significações em coisas belas são cultos. Para estes há esperança.

    Existem os eleitos, para os quais as coisas belas significam unicamente Beleza.

    Um livro não é, de modo algum, moral ou imoral. Os livros são bem ou mal escritos. Eis tudo.

    A aversão do século XIX ao Realismo é cólera de Calibã por ver seu rosto no espelho.

    A aversão do século XIX ao Romantismo é a cólera de Calibã por não ver o seu próprio rosto num espelho.

    A vida moral de um homem faz parte do tema para o artista, mas a moralidade da arte consiste no uso perfeito de um meio imperfeito. O artista nada deseja provar. Até as coisas verdadeiras podem ser provadas.

    Nenhum artista tem simpatias éticas. A simpatia ética num artista constitui um maneirismo de estilo imperdoável.

    O artista jamais é mórbido. O artista tudo pode exprimir.

    Pensamento e linguagem são para o artista instrumentos de uma arte.

    Vício e virtude são para o artista materiais para uma arte.

    Do ponto de vista da forma, o modelo de todas as artes é a do músico. Do ponto de vista do sentimento, é a profissão do ator.

    Toda arte é, ao mesmo tempo, superfície e símbolo. Os que buscam sob a superfície fazem-no por seu próprio risco.

    Os que procuram decifrar o símbolo correm também seu próprio risco.

    Na realidade, a arte reflete o espectador e não a vida.

    A divergência de opiniões sobre uma obra de arte indica que a obra é nova, complexa e vital.

    Quando os críticos divergem, o artista está de acordo consigo mesmo.

    Podemos perdoar um homem por haver feito uma coisa útil, contanto que não a admire. A única desculpa de haver feito uma coisa inútil é admirá-la intensamente.

    Toda arte é completamente inútil.

    Oscar Wilde

  15. Deveria ser algo tão simples, e um drama tão grande é feito a respeito disso. Então ninguém nunca viu um pinto, os homens vão fazer xixi de olhos fechados e as mulheres são inocentezinhas e nunca viram um desses na frente. O nome disso é hipocrisia, como disse o Yuri, fazer-se de horrorizado e depreciar o outro por causa de algo que não deixa de fazer parte da sua própria vida.
    O ponto não é se os modelos são brancos ou amarelos ou negros, se as fotos são “forçadas” ou não (não acho que seja, os modelos estão de boa, afinal), se eles deveria estar deitados na cama ou dormindo ou o caralho a quatro. O assunto não tem nada a ver com isso. Tem a ver com mostrar algo NATURAL, da intimidade das pessoas. NINGUÉM AQUI NUNCA DORMIU PELADO NÃO É?!?

    • Eu acho o trabalho lindo, longe de mim criticar o que foi feito, não sou da área e nem sei nada de Arte. Mas realmente todos serem brancos, magros e jovens me causa um extremo desconforto, e me passa a impressão de que é apenas um ensaio fetichista (o que eu acho absolutamente fantástico! hahaha). Olha que eu sou “branco, magro e jovem”, e não me identifiquei, imagine quem não é nenhum dos três?

      Mas como disse, não sei de nada sobre Arte ou qual a intenção do autor e achei o trabalho super bem-feito, apesar desse porém.

      • Hmm. Pelo que parece, os conhecidos do fotógrafo estão se voluntariando para participar do projeto. de fato, os modelos têm seguido um mesmo estereótipo… Mas imagino que uma gordinha de meia idade (a mãe do fotógrafo, por exemplo) poderia ter mais resistência em participar, inclusive por causa dos padrões de beleza fechadinhos que se costuma impor..
        Conheço o fotógrafo, os outros trabalhos dele não são eróticos, e envolvem outros estereótipos. Uma boa oportunidade pra divulgar o trabalho do artista:
        http://yuribarichivich.com/

      • Hmm. É, de fato os modelos têm seguido um mesmo estereótipo. Mas eles são conhecidos do fotógrafo que se voluntariaram pra participar do projeto. talvez uma pessoa muito fora desses padrões de beleza mais aceitos ficasse muito tímida pra se oferecer pra posar assim, peladona, pra conhecidos rsrs.
        o artista tem outros trabalhos, que não vão pro lado do erótico e que misturam biotipos e raças: http://yuribarichivich.com/

        mas de fato, usar só um estereótipo pode empobrecer um pouco o projeto.

      • Por isso que eu já me voluntariei pra participar!
        Logo logo vai ter um gordo no projeto. Negros e velhos, adicionem ele no Facebook e se voluntariem também! 😛

  16. Hmm. É, de fato os modelos têm seguido um mesmo estereótipo. Mas eles são conhecidos do fotógrafo que se voluntariaram pra participar do projeto. talvez uma pessoa muito fora desses padrões de beleza mais aceitos ficasse muito tímida pra se oferecer pra posar assim, peladona, pra conhecidos rsrs.
    o artista tem outros trabalhos, que não vão pro lado do erótico e que misturam biotipos e raças: yuribarichivich.com/

    mas de fato, usar só um estereótipo pode empobrecer um pouco o projeto.

  17. Nossa! A sociedade capixaba está mesmo muito chocada com a tal foto. Inclusive o Ministério Público já mandou fechar o tal site e caçar a carteirinha de fotógrafo do cara.

  18. A arte está prostituída. Falta talento, criatividade e um olhar crítico da sociedade.
    Só vejo pseudo-artistas fazendo mais do mesmo.
    Inclusive achei esse http://portasonhos.tumblr.com/ bem mais interessante, apesar de ser aleatório.

    Em questão de nu, a artista Alyssa Monks tem me surprendido com sua PINTURA hiper realista (parecem fotos, mas são pinturas).

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tema-livre/a-nudez-feminina-a-intimidade-a-agua-na-pintura-hiperrealista-da-americana-alyssa-monks/

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tema-livre/ela-propria-nua-solidao-comida-os-quadros-hiperrealistas-de-lee-price/

    Bjs

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s