ASSUNTO DA SEMANA: Entrevista da Xuxa no Fantástico


Maria da Graça Meneghel, a Xuxa, deu ontem uma entrevista ao Fantástico que caiu como uma bomba sobre a opinião pública brasileira, quiçá internacional. Só se fala nisso na imprensa e nas redes sociais. Veja logo pra ficar in, beesha. É bastante reveladora, sincera, surpreendente e emocionante:

Como eu fiquei ao final da entrevista:

xorando_monange.gif

Que babado, né?

105 comentários sobre “ASSUNTO DA SEMANA: Entrevista da Xuxa no Fantástico

  1. Gente fiquei muito triste em saber q a Xuxa é uma pessoa muito só.. tadinha,,,, e ainda esses viaduss ficam falando q é mentira…. qria te sido abusado na infancia.. e não foi …por isso ficam julgando….. isso sim é chato!!!!!!!!!!

  2. Gente, rindo demais aqui. Que mulher falsa!

    Como disse o Jô Soares, no dia que a entrevistou: “…de boba, vc não tem nem a perninha do b! “.

    Forçou no sotaque gaúcho, disse que todos a chamavam de feia, mas ela adorava aparecer…

    Nojo dessa mulher!

  3. xuxa ser abusada por um e crime mais por tressss . vc era safada .em coitada das mulheres desses cara .e se isso for verdade ne.

  4. Tbm achei um pouco forçada essa entrevista, o fantástico tá uma merda aí coloca o padre pra falar q já tomou bomba (e o kiko?) e a Xuxa pra dizer q foi abusada e q crianças de 12, 13 anos não sabem o que fazem… Gente, 2012, funk carioca ensina tudo de sexo pras crianças, autoridades, celebridades, vamos parar de confundir prostituição infantil com pedofilia néam!

  5. Nossaaaa… Eu nunca vi tanta bobagem e tanta mentira, tb. nunca vi uma pessoa apanhar tanto na mídia brasileira…. Ela e a globo perderam o momento de ficarem calados… usaram até mortos que não conseguem se defenderem (Senna, Michel e o quase morto pelé). XUXA, deu pra ti, vá enganar outros povos. Abusada por 1 ser humano é uma coisa… agora vamos falar sério. Ser abusada por uma fila como acusou XUXA. E outro detalhe, essa cidadã de nome XUXA, nunca foi e nunca será EXEMPLO de FAMÍLIA pra ninguem. XUXA, já pra fora do BRasil. Detalhes: XUXA não engana mais ninguem, está com seu Marketing pessoal e programa em baixa.

  6. Gente pelo amor de Deus né? Pura enrolação a tal entrevista no Fantastico desta Xuxa. Como uma pessoa é abusada sexualmente e não lembra o rosto da pessoa… Fora que caiu em contradição dizendo ser abusada por varias outras pessoas.. com 13 anos não lembrar que foi?? Quer enganar quem?? É o duro é que ainda há pessoas que acreditam nesta pessoa e ainda tem pena dela. Na minha opinião a Globo e o Fantastico quis é ganhar ibope, então combinaram essa entrevistinha mentirosa e meia boca, sem graça e sem emoção.

      • nada contra a xuxa…eu ate curtia ela quando apresentava planeta xuxa,,,mais de boa fui vitima de pedofilia…cara quem passou por isso…nunca esquece…nunca esquece o rosto…mesmo que queira…o nojo é pra sempre..a nao ser que ela tinha menos de 4 anos..ai talvez nao se recorde…seria menos menos feio ela falar que nao gosta de lembrar da pessoa..que faz por onde esquecer o rosto..ai simmm

        • Você não esqueceu, fale por você. Eu já fui abusado sexualmente depois de adulto e não me lembro de absolutamente nenhuma característica do rosto do homem.

          Sobre a Xuxa, ela só disse que não se lembrava do primeiro, porque era muito novinha, mas se lembrou dos outros dois.

          • …MAX e JACK , naturalmente está entrevista traria a tona os resentimentos de muitas pessoas que já sofreram abuso e se calaram …independente de ser a entrevistada falsa ou não …o importante é que motivou as pessoas olhar melhor o assunto dentro de suas casas …temos que sempre tirar o melhor de qualquer campanha seja ela marketing pessoal
            ou não.

          • max querido…estou falando de uma pessoa sobria..
            vc depois de adulto,no minimo estada em estado de conservação…provavelmente nem viu o rosto,por isso nao lembra…tbm ja fui depois de adulto ..mais quando percebi que estavam abrindo minha calça..logicamente facilitei levantando o quadril..mais nem abri o olho pra ver quem era..tinha umas 30 pessoas na mesma casa ..em pleno carnaval…dai ja viu ne…tbm nao me dei o trabalho de procurar…

          • Não, eu não estava bêbado e não foi num lugar propício para sexo, muito menos enquanto eu dormia. Uma arma de fogo foi usada para me render, e acho que mesmo se eu estivesse bêbado (que não era o caso, não havia bebido no dia), uma arma de fogo na cabeça da gente nos faz ficar sóbrio bem rapidamente, não?

            Então, por respeito, não me julgue sem saber a história e não compare o seu bacanal com o que aconteceu comigo.

    • fia, interpretação de texto tbm serve pra quando a gente ESCUTA. escute bem a entrevista. ela não lembra quem foi o primeiro, quando ela era bem pequena (fora q o trauma pode ter bloqueado isso da cabeça dela). ela cita vários outros q ela deve lembrar mto bem a cara. o amigo do pai dela, o cara q ia casar com a avó dela…

  7. se vc fisem alguma coisa pra ajudar as crianças como ela ao inves de ficarem falando bosta ja seria alguma coisa achei muito verdadaeira porque ao inves de criticar nao ajudar fim ao abuxo sexual contra crianças ela ta fazendo alguma coisa e vcs

  8. Quantas contradições!! primeiro não lembra quem foi..depois foram tres homens conhecidos, aos 16 anos fica com um cara 20 anos mais velho que ela(???) e ainda faz um filme em que ela se envolve com um garotinho de 12 anos!!! Será que ninguem nesse país questiona nada??? Realmente a mocinha é muito cara de pau!!

  9. A Xuxa foi e é uma das maiores atrizes que a Globo já teve…Falsidade pura…Pra que expor coisas tão particulares da vida dela a essa altura do campeonato? E outra, só usou nome de quem morreu e em nenhum momento de sua entrevista mencionou o nome do pai de sua filha…Não comentou também da capa do seu primeiro LP Xou da Xuxa totalmente erótica com os seios à mostra, do filme “Amor,Estranho Amor” que ela seduzia um menino…Sem falar no acesso de riso esquisito que ela teve ao falar como os homens reagem quando vão pra cama com ela. Que sem graça!Xuxa, acorda! Seus baixinhos já cresceram e não são mais crianças pra acreditarem em vc.Em pensar que eu já fui fã dessa mulher…

    • Ter feito o filme em que ela fazia uma cena com um menor de idade naquela época, por dinheiro e por fama, não quer dizer que ela não tenha o direito de se arrepender e ser contra àquilo que fez. As pessoas tem todo o direito de mudar para melhor.

      • Xertíssimo Max! Então ainda há tempo para você!! Arrependa-se de ver, ouvir e defender gente que você nem conhece e vai cuidar da sua educação. Vá ao teatro e pare de viajar na ‘nave globo’.

    • Eu achei que ela sambou na cara do Luciano Zafir e de todos os outros famosos com quem ela ficou (exceto o Senna), primeiro porque nem os citou, segundo que falou que o Senna foi o único com quem pensou em se casar, Xuxa fez a maldita hahahahaha

  10. Reação do Pelé após a entrevista:

    Brincadeiras a parte, também fiquei sensibilizado com a história do abuso, porém achei que os demais assuntos foram abordados de forma forçada, sei lá..
    Mas me identifico com ela em relação à baixa estima, tenho muito isso, não assumia, guardava só pra mim e me isolava, mas depois de muitas conversas me aceitei com esse problema, embora ainda não o tenha resolvido, triste…

    Xuxa ♥

      • Defeito é não ter cultura nem argumento próprio, essa gente que se defende falando da sexualidade alheia não merece apreciação ou atenção. Xá pra lá.

        • Sandra certamente dentro dos teus principios não cabem o passado da xuxa como exemplo …dentro dos meus não cabem se quer as novelinhas da Globo nem de nenhum outro canal …tente agora lembrar de icones brasileiros populares e ricos que fazem algum tipo de campanha em prol das criancas ,velhinhos ou desafortunados …pensou ??! com certeza encontrou né ?!! mas veja que pode lembrar e contar …o que quero te dizer é que podemos engolir este sapo do passado dela e de quem for …mas não devemos dispensar a repercusão gratuita da idéia passada que é incentivar as pessoas falarem aos 4 ventos sobre seus abusadores …

  11. O que mais me entristece eh saber que as pessoas enxergam o que querem enxergar. A Xuxa eh uma mulher de sucesso, queiram vocês aceitarem ou nao. Normalmente pé rapado, sem onde cair morto, dai vêem alguém de sucesso e ficam assim revoltados com a entrevista. Gente, ela nao precisava se expor, audiência cia eh obvio que a Globo quer, adivinha porque ela eh a maior do Brasil? Ela ta precisando de dinheiro? Nao, claro que nao. Ela nao mencionou outros nomes para nao com comprometer Luciano sasha, e todos .
    Por favor, parem de julgar, se nao gostam de alguém nao
    Perca seu tempo, apenas vá caminhar, tomar banho, namorar…

    • A mulher aparece em um programa de tv, e não pode-se criticar? Que a xuxa conseguiu dinheiro, TEVE sucesso profissional é inegável. Mas nem por isso, vou ficar bajulando. Me assusta que no Brasil, uma mulher totalmente erotizada (nem falo do passado dela), vai lidar com criança e ainda temos que ficar bajulando.

      E mais, já temos um protetor das crianças, o senador Magno Malta. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Porra, as crianças no Brasil estão ferradas, Magno Malta e Xuxa contra a pedofilia.

      Só precisam chamar o velho do saco para reforçar a liga!

  12. Na boa, a parte que ela fala sobre o abuso sexual foi a única parte que me sensibilizou. Achei a entrevista forçada e desnecessária. Fiquei o tempo todo me perguntando o porquê dela. Respeito a Maria da Graça Meneghel como pessoa, porém não me desce a garganta tudo que ela disse. Vou assistir a entrevista ao contrário pra ver se consigo encontrar alguma verdade.

  13. Ví os comentários até o presente momento e realmente fiquei com pena de todos… Todo mundo falando mal dela, mas cometendo o mesmo erro.
    Assim como dito por alguns eu realmente não vi muita verdade em tudo que ela disso, mas vocês vivem em que mundo para acreditar em tudo que se fala na televisão? Primeiro que aquilo foi editado, logo, algumas falas sem sentido sem justificam, por exemplo, por ae, segundo, óbvio, aquilo ali é um PROGRAMA e como todos os PROGRAMAS o intuito maior é fazer render audiência, logo, e sem sombra de dúvidas houve sim manipulação das verdades (ou mentiras).
    O que de mais importante que se deve ser dito é que a Xuxa, e não a Maria das Graças, é um personagem, e por isso ela precisa ser tratada como tal! Parem de acusá-la por besteiras! Quando digo besteiras não estou querendo diminuir as coisas erradas que ela já fez, mas sim, estou querendo deixar claro que todos tem o direito de se redimir, inclusive a Maria das Graças, afinal ela precisa manter o personagem Xuxa vivo, e sendo mais humano, ela como todos nós tem o direito de ser melhor, simples assim.
    Enfim, pena mesmo eu tenho desse monte de gente que fala, fala e fala e nada diz. Aprendam a fazer análises com imparcialidade, assim depois vocês poderão avaliar e de forma inteligente sobre a vida dos outros, se é que há algum tipo de forma inteligente de se julgar o outro, mesmo este sendo famoso.
    Não morro de amores pela personagem Xuxa, mas nunca seria capaz de tirar dela o mérito alcançado, todo mundo precisa de heróis, ou anti-heróis, só esquecemos que os heróis dos tempos atuais sangram como eu e você.
    É isso…

  14. Concordo com esse pessoa assim. Existia uma pessoa que fazia as perguntas e essa entrevista foi editada. As pessoas julgam, ,mas não sabem o que está passando com as outras pessoas.

  15. acho que é mega ultra importante famosos denunciarem violências por que já passaram. isso ajuda muita gente.
    mas ontem dona maria da graça provou que é mesmo nosso maicol jequissom. parecia aquelas entrevistas dele “revelando” coisas de sua vida, aumentando umas, inventando outras e principalmente “esquecendo” os bafons. pô pra que essa senhora fez isso? ainda não consegui entender. mesmo sabendo que a postura pública dela foi sempre assim de uma deusa, um mito, sofrido, amargurado, bondoso e glori-santificado. e os fofoqueiros continuarão soltando o lado b, assim como faziam com michael.

  16. Enfim uma reflexão sensata sobre a repercursão da entrevista da Xuxa.

    “Acabei de assistir uma longa e oportuna reportagem, veiculada pelo Jornal Nacional, sobre a declaração de Xuxa sobre o abuso sexual que sofreu. E vi, logo em seguida, uma série de críticas nas redes sociais por causa do espaço privilegiado, dado à apresentadora, pelo noticiário. Uma enxurrada semelhante à que lotou a internet desde a divulgação do depoimento: pessoas criticando a exposição, as associações com outros artistas e até mesmo o choro desaguado durante os relatos. A violência que a vitimizou, no entanto, ficou em segundo plano diante da imagem da artista.

    Não foi a primeira vez que vimos o pouco caso com história semelhante. Há meses, a modelo e apresentadora Monique Evans narrou consequências danosas geradas pelo trauma do abuso. Igualmente, virou motivo de desdém. Por ter posado nua diversas vezes, e ter apresentado programas com temáticas sexuais, a história de Monique pouco chocou, quase nada mobilizou. Bem diferente de Oprah Winfrey, de Whitney Houston e outros nomes internacionais, que comoveram brasileiros com narrativas parecidas. Parece que, quando a história é brasileira, tais declarações soam mais como estratégia de marketing. E não como desabafo, como sinal de alerta aos demais.

    A violência vivida por Xuxa não a difere de ninguém que tenha sofrido o abuso sexual. O dano provocado pela vivência é tão complexo e abrangente que, nos tratados internacionais de psiquiatria, os sintomas desencadeados são comparados aos quadros de distúrbio de estresse pós-traumático – sim, o mesmo vivido por sobreviventes de guerras. O dano é inquestionável e inevitável: marcará para sempre a relação que a vítima terá com a autoimagem e com os relacionamentos que estabelece com o mundo. A iniciação precoce e violenta poderá levar o indivíduo a repetir a dinâmica do abuso em diferentes instâncias: não só no campo sexual, tornando-se presa fácil para outros abusadores, mas também em outros campos da vida, nos quais será vulnerável a atitudes abusivas – seja por chefes, parentes, filhos… A vítima poderá ter dificuldade para criar vínculos de confiança, além de uma relação conturbada com o poder.

    Mantendo-se nessa mesma dinâmica psicoafetiva do abuso, a vítima poderá também associar-se ao papel do abusador, buscando, ao se impor sobre alguém mais vulnerável que si, uma tentativa de reparação do dano que lhe foi provocado. É uma transferência de valores distorcidos, muitas vezes praticado de forma compulsiva. No caso de Xuxa, uma das associações perversas feitas por algumas pessoas é a da história do filme Amor, estranho amor, ainda antes de adquirir a fama. Na obra, ela, já adulta, se envolve sexualmente com um pré-adolescente. Houve quem associasse o personagem, de forma torpe, ao depoimento de Xuxa – como se tratasse de uma desforra.

    É triste perceber que, na nossa mentalidade retrógrada, a vítima de crimes sexuais (seja o abuso infantojuvenil, seja o estupro) ainda é muitas vezes associada a uma certa participação no ato. É como se tivesse provocado a violência. Xuxa, ou qualquer outra pessoa abusada, teria de receber o respeito dos demais ao decidir por tal declaração. O mais interessante de todo esse processo é que, do que percebi, a maioria das críticas partiu de pessoas que invariavelmente foram influenciadas na infância pela nave rosa, pelo ilariê, que desejavam o momento mágico do “pra minha mãe, pro meu pai, pra você”.

    O silêncio de Xuxa precisava ter um fim, no mínimo em gratidão à notoriedade e riqueza que lhe foi proporcionado pelas crianças. Xuxa prestou o seu maior serviço ao dizer o que sofreu, como se sentiu, como agiam os abusadores. Tentou, assim, encorajar diversas outras mães, algumas também vitimizadas na infância e adolescência, a romper com o pacto perverso da conivência. Não bastou apoiar campanhas educativas sobre o tema. Precisou mostrar-se como alguém que, apesar dos danos que certamente sofreu, conseguiu se tornar em um ícone nacional de sucesso. Obviamente, nada vai superar a dor e a frustração de quem não pôde iniciar uma vivência sexual de forma saudável. Mas só a partir da voz encorajada de pessoas como Xuxa que diversas outras potenciais vítimas poderão se livrar de uma sina tão triste.”

    Fonte: http://selfterapias.com.br/outras-ondas/

  17. É isso aí gente. Agora chega de fofocar e vamos gastar energia com coisa produtiva.
    A próxima vítima que foi dar uma entrevista ‘bombástica’, espero que seja ao vivo, e com direito de pergunta do público em tempo real (a Globo adooora reality show, então… fica a sugestão).

    • Porra Sandra, você está corrigindo tanto os erros de português das pessoas acima, e está misturando passado com futuro?

      “A próxima vítima que foi dar” … “espero que seja ao vivo”

      Porrãm

    • Fala fala e fala para gastarmos nosso tempo com coisa “produtiva” e está você aqui comentando 500 vezes num site de humor…

      Casa de ferreiro, espeto de pau, né, querida? hahahaha

  18. para aqueles q não sabem nada da vida e acham q nesse seu mundinho isso nunk vai acontecer,ou nunk presenciaram isso,então e oq a xuxa disse so ela e algumas pessoas viram da realidade ruim,vcs não sabem nada da vida pq suas vidas foram so alegria e nada d tristeza,te amo xúhs2

  19. Enfim uma reflexão sensata sobre a repercursão da entrevista da Xuxa.

    “Acabei de assistir uma longa e oportuna reportagem, veiculada pelo Jornal Nacional, sobre a declaração de Xuxa sobre o abuso sexual que sofreu. E vi, logo em seguida, uma série de críticas nas redes sociais por causa do espaço privilegiado, dado à apresentadora, pelo noticiário. Uma enxurrada semelhante à que lotou a internet desde a divulgação do depoimento: pessoas criticando a exposição, as associações com outros artistas e até mesmo o choro desaguado durante os relatos. A violência que a vitimizou, no entanto, ficou em segundo plano diante da imagem da artista.

    Não foi a primeira vez que vimos o pouco caso com história semelhante. Há meses, a modelo e apresentadora Monique Evans narrou consequências danosas geradas pelo trauma do abuso. Igualmente, virou motivo de desdém. Por ter posado nua diversas vezes, e ter apresentado programas com temáticas sexuais, a história de Monique pouco chocou, quase nada mobilizou. Bem diferente de Oprah Winfrey, de Whitney Houston e outros nomes internacionais, que comoveram brasileiros com narrativas parecidas. Parece que, quando a história é brasileira, tais declarações soam mais como estratégia de marketing. E não como desabafo, como sinal de alerta aos demais.

    A violência vivida por Xuxa não a difere de ninguém que tenha sofrido o abuso sexual. O dano provocado pela vivência é tão complexo e abrangente que, nos tratados internacionais de psiquiatria, os sintomas desencadeados são comparados aos quadros de distúrbio de estresse pós-traumático – sim, o mesmo vivido por sobreviventes de guerras. O dano é inquestionável e inevitável: marcará para sempre a relação que a vítima terá com a autoimagem e com os relacionamentos que estabelece com o mundo. A iniciação precoce e violenta poderá levar o indivíduo a repetir a dinâmica do abuso em diferentes instâncias: não só no campo sexual, tornando-se presa fácil para outros abusadores, mas também em outros campos da vida, nos quais será vulnerável a atitudes abusivas – seja por chefes, parentes, filhos… A vítima poderá ter dificuldade para criar vínculos de confiança, além de uma relação conturbada com o poder.

    Mantendo-se nessa mesma dinâmica psicoafetiva do abuso, a vítima poderá também associar-se ao papel do abusador, buscando, ao se impor sobre alguém mais vulnerável que si, uma tentativa de reparação do dano que lhe foi provocado. É uma transferência de valores distorcidos, muitas vezes praticado de forma compulsiva. No caso de Xuxa, uma das associações perversas feitas por algumas pessoas é a da história do filme Amor, estranho amor, ainda antes de adquirir a fama. Na obra, ela, já adulta, se envolve sexualmente com um pré-adolescente. Houve quem associasse o personagem, de forma torpe, ao depoimento de Xuxa – como se tratasse de uma desforra.

    É triste perceber que, na nossa mentalidade retrógrada, a vítima de crimes sexuais (seja o abuso infantojuvenil, seja o estupro) ainda é muitas vezes associada a uma certa participação no ato. É como se tivesse provocado a violência. Xuxa, ou qualquer outra pessoa abusada, teria de receber o respeito dos demais ao decidir por tal declaração. O mais interessante de todo esse processo é que, do que percebi, a maioria das críticas partiu de pessoas que invariavelmente foram influenciadas na infância pela nave rosa, pelo ilariê, que desejavam o momento mágico do “pra minha mãe, pro meu pai, pra você”.

    O silêncio de Xuxa precisava ter um fim, no mínimo em gratidão à notoriedade e riqueza que lhe foi proporcionado pelas crianças. Xuxa prestou o seu maior serviço ao dizer o que sofreu, como se sentiu, como agiam os abusadores. Tentou, assim, encorajar diversas outras mães, algumas também vitimizadas na infância e adolescência, a romper com o pacto perverso da conivência. Não bastou apoiar campanhas educativas sobre o tema. Precisou mostrar-se como alguém que, apesar dos danos que certamente sofreu, conseguiu se tornar em um ícone nacional de sucesso. Obviamente, nada vai superar a dor e a frustração de quem não pôde iniciar uma vivência sexual de forma saudável. Mas só a partir da voz encorajada de pessoas como Xuxa que diversas outras potenciais vítimas poderão se livrar de uma sina tão triste.”

    Fonte: http://selfterapias.com.br/outras-ondas/////////////////////////

  20. na opinião.que deve ser respeitado,eu acho que a xuxa não deveria nuca na vida dela, ter dado esse depoimento.por que ela não precisa se aperecer no fantastico se ela já se a parece no sabado.fala da sua vida em publico e dar um depoimento desse.por que quando foi abusada e não uma vez e se omitio a falar do caso com a mãe e nisso foi foi que acho que vc acabor gostando tanto que vc fez um filme pornô com um adolecente que parece incentivar ao vez de poiar o não a buso ao adolecentes e crianças

  21. Eu, sempre gostei da xuxa, sempre defendo q somos flexiveis e podemossempre melhorar… O importante e quem somos agora com q a vida nos ensinou e com o q ainda nos falta por aprender… Mesmo gostando da xuxa, e nao importando o q ela fez p chegar onde chegou, em dia entrevista Eu senti q ela bloqueou muitas pessoas e fatos importantes na vida dela… Era a xuxa falando e nao Maria das gracas… Porque se fosse a Maria das gracas, falaria de zafir, de marlene matos, de sasha, e ja q era p esclarecer td, tb pediria desculpa a adriane galisteu q Vivia com airton qdo morreu, e ela tomou o lugar no funeral, protagonismo… Enfim, ninguem e perfeito mesmo gostando dela eu defendo a razao… Faltou muita coisa nessa entrevista… Reconhecimento de errores, perdao,…. Mas a intensao da entrevista e boa… E isso q importa, Que ha o park bom… Me perdoem se magoo ou ofendo com minha opiniao…

  22. Nada contra a Xuxa, mas ela já deu tudo q tinha q dar (sem trocadilho ok). Alguns artistas não conseguem mais ter uma vida “normal” depois da fama e acho que esse é o caso da Xu. Eu indicaria uma terapia pra ela, pq gentchy ela se dedicou tanto a carreira e continua se dedicando que se esquece de viver como Maria da Graça;
    Max querido, adoro vc!! Quanto ao abuso concordo com a opinião de não confundir prostituição com pedofilia, e fika a dica pros pais modernos que antes de qlq tipo de moralismo fútil eles devem ensinar aos seus filhos a terem respeito pelo próximo e serem responsáveis pelas suas atitudes e escolhas, e o mundo ficará bem melhor para todos se tornarem felizes e realizados da maneira que acharem melhor, sendo gay, lésbica, funkeiro, prostituta……….. ENFIM Bjo meu povoooo!!

  23. …XUXA DEPOIS DA ENTREVISTA:…AÍ COMO EU SOU BANDIDA…

    .mulher cai na real tu tá véia na menopausa…fala sério vc nunca gostou de pinto Airton Senna e Michael Jackson num tão mais vivo pra dizer o quanto tu é ruim de cama e ainda mais é frigida. Nunca gostou de criança tudo uma farça e fingimento….passou a vida inteira abraçada com o capeta e agora nem o chifrudenho te quer..se liga!!! agora quer desenterrar o passado pra dá ibope….tu tá igual pinto de véio lá embaixo…kkkkkkk

  24. Quem sou eu pra duvidar de alguem que conheco, porém nao tenho intimidade. Afinal, qualquer um esta sujeito a esta situacao, seja pobre, rico, lindo ou feio… Do jeito que o mundo estar ,infelismente, podemos considerar este fato “normal “. Contudo, o ser humano nao quer saber de ajudar, somente em criticar, gozar etc… Que país é esse ? Que mundo é esse ? Que seres humanos monstruosos ? Hoje estao se divertindo a custa das desgraças dos seus proprios irmaos, amanha estao colhendo o resultado de suas ignorancias. Quanta falta de Deus ! Quanta falta de Amor ! Quanta falta de Sabedoria !

  25. “No filme, Xuxa faz uma prostituta de 16 anos que transa com o protagonista, um garoto de 10 ou 12 anos. Se não ficou claro, repito: Amor Estranho Amor não é um documentário. É um filme de ficção. Xuxa era apenas uma atriz, e longe de ser a principal (que era a Vera Fischer). Dizer que ela abusou de um menino porque fez esse papel é mais ou menos como dizer que Heath Ledger explodiu prédios e matou e torturou pessoas porque ele interpretou o Coringa, sabe?”

    Completo aqui: http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2012/05/xuxa-minha-solidariedade.html

  26. eu ñ vi a entrevista eu amava muito ela mais depois q eu vi e sempre vejo ela chamando DEUS de cara ela ñ merece meu respeito eu tambem gostava muito de assitir a regina caser e em um programa dela eu vi ela chamar DEUS de cara eu tomei nojo das duas elas tem mais q respeitar o nosso superior q é DEUS

  27. ACORDEM! DE INOCENTE ELA NÃO TEM É NADA! VAI SE APOSENTAR!!!
    MELHOR QUE TIVISSE FICADO CALADA SE É QUE FOI ABUJJJADINHA MESMO!!! E VCS AINDA ACREDITAM EM COELHINHO DA PÁSCOA??????
    BRASILEIRO É MUITO INOXXXXENTE!!!

  28. xuxa eu quero te dar um conselho va se converter entregue sua vida a cristo e creia que toda obra do mal vai cair por terra em nome JESUS. FIQUE COM DEUS.

  29. Eu nunca vi uma pessoa sofrer abuso sexual e dizer que é louca por sexo e dizer no programa na moral do pedro bial que se fosse anonima ia beijar muito, ia dar muito , ia mais vezes ( não sei aonde) será que com essa idade ela aguenta? deixo claro guando transei com os ex paquitos era eu que pedia sexo eu perguntava para os homens quem quer ser o primeiro? Fiquei surpresa porque vieram os cinco de uma vez mais no fundo adorei.me desculpem as namoradinhas da época mais os ex paquitos ja foram todos meus beijinho beijinho thau thau

  30. O caso é mais grave do que se pensa por causa dessa história de pedofilia muitas adolescentes estão pintando e bordando por ai sai dando para todo mundo quando não aguentam a pressão do homem inventam que foram estupradas se elas não aguenta não atenta kkkkk quantos casais elas devem ter separado esta na hora de parar com essa super proteção aos adolescentes eles ja sabem muito bem o que é sexo se oferecem depois que são usadas e jogadas fora querem acusar os homens de pedofilos .

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s