Uma dica pra alguns héteros…e lésbicas


Meus bebês, eu estou com uma febre super alta, 38,5°C e marchando pros 39°C, mas não vou deixar as senhoras na mão, fiquem tranquilas. A diferença é que minha cabeça tá me matando, tá difícil até ficar em pé, e por isso o post de hoje vai ser sobre um assunto mais simples: SAPAS.

Sempre gostei das meninas do Dedilhadas, pra quem não conhece, elas são duas lésbicas paulistas que falam sobre situações do cotidiano das sapas. Dessa vez o assunto me interessou e eu acho que vale uma discussão sobre o assunto, cata:

E aí? O que vocês acham disso?

Tiro de letra

Eu sei que atitudes como essas acontecem o tempo inteiro na noite, são baseadas principalmente no falocentrismo da sociedade, mas de todos os héteros que chegaram até mim e disseram pensar como o rapaz que enviou a mensagem a elas, 90% JÁ TEVE sucesso nessas situações.

Aí eu pergunto, de quem é a culpa? Do hétero que acha que a sapatão é doente e o pau dele é a cura ou das lésbicas que se deixam levar por esse papo, pegam esses caras e dão aval para que eles continuem agindo assim?

O que vier...

Porque o que não falta na minha vida são exemplos (E MUITOS) de sapas que dão de cara com um troglodita desses, dizem que são gays logo de cara, mas não são incisivas o suficiente, como se estivessem “na dúvida” quanto a sua sexualidade… e todo mundo sabe que quanto mais você é indecisa com um homem MAIS ele vai insistir. No final das contas, pegam o cara e vão servir de exemplo para encorajar todos os amigos, para os quais ele vai contar a façanha, a fazerem o mesmo.

Entretanto, não me venham com o papo de “ah, tem que ser sapatão caminhoneira pra conseguir bater de frente com um cara desses”. Porque, em contrapartida, conheço lésbicas, muito femininas, que tiram de letra esses caras e rapidinho conseguem expulsá-los, sem precisar ser violenta.

Lembrando que eu não estou falando que sapas não têm o direito de pegar homem, têm sim, a racha é delas. O que me revolta é a “lésbica” dizer ser gay desde o começo, deixar o cara insistindo por horas, pra DEPOIS pegar, colocando na cabeça dele que se ele conseguiu com ela, conseguirá com todas.

E agora, Glória? Será que a maioria das lésbicas estão MESMO no direito de reclamar desse tipo de atitude?

52 comentários sobre “Uma dica pra alguns héteros…e lésbicas

  1. Max, primeiramente eu espero que vc melhore.. tb não estou muito bem.. mas enfim, poxa eu não conheço lésbicas que deixam essas coisas acontecerem..se ela deixa, ela definitivamente não é lésbica.. mas assim, tem muita gente que se deixa levar por papo.. e tem muito homem que realmente sabe jogar papo, tenho um amigo que logo que nos conhecemos, ele vinha cheio de papinhos e tal, quando ele ficou sabendo que sou lésbica, eu vi que ele era quase outra pessoa…ou seja, se eu fosse ht, ele teria me comido. Então essa coisa não se aplica só para “lésbicas”, mas muitas mulheres adooooram fazer cú doce e ver um cara implorar pra ela..

  2. por isso, quando um cara chega em mim e eu vejo o que ele quer eu logo digo: vou adiantar sua vida, eu sou lésbica e não faço cú doce!

  3. Melhoras Max!!
    Eu sou lésbica, feia e acima do peso(mto), recebo direto esse tipo de abordagem e quando falo que sou lésbica e o cara insiste, eu corro, sério eu saio de perto, se vier atrás eu baixo o nivel, sou serráquea tá rsrsr.

    Não vou falar que nunca dei trela não, pq ter o ego inflado não é nada ruim, mas se eu for generalizar, sempre dou um jeito de mandar catar coquinho logo.

    • Com meu achismo barato, penso que se ela ficar constantemente, não é lésbica se enquadraria como bi, apesar de eu n curtir mto isso de rotular o que cada um é( não gostar não quer dizer que eu não o faça), mas é estranho ao mesmo tempo afirmar isso pq mta gente antes de ‘se descobrir’ gay acaba ficando com mta gente do sexo oposto, que se colocarmos estatisticamente, dependendo de qnts pessoas a pessoa já ficou como gay, essa pessoa continuaria sendo chamada de bi.

      Me desculpem e não me xinguem se eu escrevi umas coisas meio doidonas, Max que tá doente e eu que escrevo as alucinações.

      • hahahah, exatamente o que eu penso, se você OSTENTA uma imagem, tem que agir de acordo com ela, senão você prejudica uma leva de outras mulheres que são sapas de verdade e sofrem esse tipo de preconceito desses caras.

      • pois é. tem mulher q se considera lésbica, mas abre uma exceção aqui e ali. e é mais fácil dizer “oi, sou lesbo” do q dizer “oi, eu sou 90% lésbica, 10% bi, talvez vc tenha uma chance”.

        eu, particularmente, fico de coração partido ao ver uma coisa dessas acontecendo, e fico puta da cara com os homens se achando depois. massss, fazê o q. como o Max bem diz, a racha é dela e ela faz o q quiser.

    • Só que também não dá pra ficar jogando pedra, pq a maioria das pessoas que vejo que estão fazendo isso, é gente confusa, acabou de “mudar de lado” e tals, demora a ter a pessoa ter peito suficiente pra afirmar com 100% que é lésbica.

      Mas vejo a modinha, que acaba com lésbicas, pois quem é de modinha, quer provar tudo.

      Pra dizer que é lésbica, seja lésbica.
      Se curte um cara de ano em ano, mês em mês, diga que é bi.
      Se tem interesse em saber como é ficar com mulher, mas sempre fica com homens, só diga que é curiosa.

  4. max, com toda sua experiência, me diga onde se escondem as sapas de vitorinha!! bar/ bairro kkkk to com vontade de caçar rs
    valeu bjo

  5. não existe essa questão de o cara ficar pensando que pode fazer com todas,existe pessoas “idiotas” ,que realmente não tem respeito e além disso tem preconceito porque insiste em algo que no fundo não aceita… se a pessoa já falou que é gay,por que insistir??? oO

      • Isso independente da sexualidade, as vezes a gata hetero tá lá, só curtindo a musica, ai sempre tem o gostosão que acha que não vai levar não e insiste, insiste, até que vence pelo cansaço.

        • Muiot diferente, Patrícia, ela é hétero desde o princípio, e o cara conseguir ou não é devido a persuasão do rapaz, muito diferente da insistência de um rapaz que ouve desde a primeira cantada que a racha já é lésbica.

  6. Elas citaram um lance que o cara disse sobre “ser mulher” como se ser lésbica mudasse o sexo da mina e essa situação é bem corriqueira comigo (acho que com a maioria das lésbicas). Esses dias mesmo fui no salão fazer minhas unhas e qndo estava saindo, um engraçadinho disse “fazer unha é coisa de mulher, não de sapatão”, e é claro q eu não deixei pra lá e respondi: “uai, vc é mulher pra entender de mulher? Pelo que estou vendo até pra homem vc anda bem acabadinho heim moço?!”. Ele, visivelmente sem jeito, se calou, e eu segui meu caminho.
    Já rolou coisa semelhante na farmácia ao comprar absorventes e esmaltes, em loja de maquiagem, de sapatos… e eu SEMPRE bato de frente com a pessoa pq ignorar é dar chance a repetição do ato, e quando rolou partindo de uma funcionária em uma loja de trajes de festa no shopping Vitória, eu na mesma hora procurei a supervisora e levei o fato a seu conhecimento e ela foi de uma delicadeza sem tamanho, me dando todo o apoio e demonstrando indignação com o corrido, além de prontamente chamar a funcionária para uma salinha reservada. Mesmo sem saber quais atitudes foram tomadas, algo foi feito, pq voltei na loja e a msm moça me tratou sem regalias, mas me tratou como uma cliente qualquer, e é isso que eu EXIJO enquanto ser humano e nem coloco a frente o fato de ser homossexual.
    Só porque tenho um estilo chamado de “masculino” eu não posso ter vaidades? Poxa, quero sim (mesmo que nos meus padrões) estar bonita, com uma imagem legal e bem arrumada, e ter a liberdade de QUANDO EU QUISER usar um vestido ou um salto, e eu o possa fazer sem julgamentos de absolutamente ninguém! E dou ênfase nesse “absolutamente ninguém” pq mesmo no meio LGBT há uma parcela de babacas que apoiam os estereótipos. Na boa, um hétero me humilhar já é inaceitável, outro homossexual o fazer é quase um crime. ~momento drama~
    Até porque se vc seguir a “lógica” do raciocínio de uma pessoa dessas, travestis são mulheres, afinal, usam salto e maquiagem, não é verdade?
    O Sexo de alguém não é definido pelo que ela veste ou como se comporta, portanto eu usar um vestido ou um terno não faz de mim mais ou menos mulher, da mesma forma que gostar de outra mulher, também não!!!
    Sou mulher, amo outra mulher, adoro maquiagem, faço as unhas porque gosto, uso gravata, uso vestido e, acima de tudo, AMO SER MULHER!!!

  7. Creio que há 3 motivos principais para mulheres que se dizem lésbicas ficarem com um homem:

    1- A linda é um girino. Tá se descobrindo, não entende muito bem o que tá acontecendo e acaba por ceder às pressões sociais. Recupera a sanidade na medida em que vai amadurecendo, passa a aceitar os próprios sentimentos e se torna uma verdadeira sapa.

    2- Se a louca sente desejo por homens e fica porque gosta do babado, ela não é lésbica. É bissexual e ponto. Beijos.

    3- A garota pensa “Ah, não tô fazendo nada mesmo e esse cara tá me enchendo o saco…”. Isso geralmente acontece quando
    a fulana tá trêbada, com algum problema pessoal (que gera carência excessiva), o rock tá uó e ela não conseguiu ficar com nenhuma mulher. Daí acorda se odiando eternamente por ter ficado com o cara. #quemnunca

    Eu tô limpa há anos, graças à Santa Vange.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o item 3 é de morrer!!!!!

      eu tb to limpa a anos mas já acordei querendo dar um tiro na cabeça algumas vezes.

      Só que isso foi no início. hoje em dia se o rock estiver uó, a bebida quente e nada de mulher, eu vou pra casa, fumo um beck e durmo felizona.

      Como vc disse é uma questão de descobrimento ou bissexualidade. não tem outra explicação.

      As bonitas que pegam homens podiam ao inves de se denominarem sapas, já assumirem logo sua carcaça de bi.

  8. A Diva Cher tocou num ponto importantíssimo: a sexualidade feminina, que pode ser determinada nas idades mais variadas. Normalmente, os homens dizem: “eu sei que sou gay desde sempre, desde que brincava com o primo” e coisas do tipo. Mas as mulheres não (por várias questões inclusive estudadas e até mesmo já faladas aqui). Elas podem passar por um processo diferente, enfim.

    Isso se alia ao fato de nossa sociedade ser machista. Enquanto dois homens juntos é a falência do status quo heterossexual, duas mullheres é oposto: qual homem não quer contar a história de que comeu duas mulheres numa mesma noite? Por isso que a assunto é colocado em pauta. Eu sou gay, mas fico com mulheres “de rock” e já transei com uma. Porém, isso nunca colocou em dúvida minha orientação sexual; nem por mim, nem pelos que estão ao meu redor. Mas se uma lésbica beija um cara, “ah, tá vendo, não é lésbica porra nenhuma”!

    No mais, fica a velha definição: lésbica = mulher + mulher. Se você também GOSTA, sente DESEJO por homens, você é bissexual. Afinal, sexualidade não é a consumação do ato, é o que sentimos. Eu tenho um amigo que não tem dúvidas que é gay e é virgem. Ele tá precisando de uma boceta para consertá-lo?

    • “sexualidade não é a consumação do ato, é o que sentimos.”

      Mas se todo rock ela dá pra um cara, e ainda insiste em dizer que é sapa?

      • Então ela faz sexo com homens. Acho que só dá pra concluir isso nessa situação hipotética. O que a motiva pode ser uma infinidade de coisas não necessariamente relacionadas à matriz de desejo sexual dela. As pessoas não são obrigadas à escravização dos corpos à eleição de uma orientação que pensem ser a sua. O que percebo é uma ditadura ao contrário no meio LGBT: se alguém diz ser gay, tem que ser até o fim, não pode circular. É por isso que sou a favor de ninguém se dizer nada, por mais que pressinta gostar só de homem ou só de mulher. Vai que um dia eu tenho vontade, né? Aí não vou poder porque senão vou “sujar o nome da classe”. Puta merda.

        • Cleycianne, eu concordaria com você se a orientação sexual não fosse algo até mesmo político. Não se trata de um ditadura gay, mas sim de uma afirmação. Seria lindo um mundo em que isso nem fosse discutido. Mas no mundo das siglas, no mundo real, no mundo de LGBT’s, acho válidas as considerações.

      • Se ela se diz lésbica e dá pra um cara em todo rock, duas possibilidades: ela está mentindo (para si e/ou para os outros, é na verdade bi ou ht) ou é louca.

        Mas como sexualidade é sempre uma autodeclaração (enfim, é mostrar o mínimo de respeito acatar a declaração da pessoa), esse limbo sempre vai existir.

      • Faço coro com o Marcio. Se a mulher sente atração e desejo por homens, além de sentir por mulheres, ela é bi. Se tá batendo o pé e dizendo que é lésbica, ela definitivamente não presta atenção em si mesma. Ou talvez seja pra continuar andando com as mesmas gays, porque muitas gays não curtem bissexuais. Ou pra não ter/livrar-se da fama de vadia… Bom, são suposições. Eu só peguei dois caras em toda a minha vida, um na situação 1 e o outro na situação 3 (descritas acima). Ambos quando eu era uma sapa muito jovem e louca do meu cu. Acontece que se você é gay é MUITO mais fácil pegar alguém do sexo oposto do que se você é hetero pegar alguém do mesmo sexo. Além das suas amigas gays, ninguém vai te achar estranha. E a gente costuma andar com pessoas mais liberais em relação à sexualidade, os heteros costumam ser mais reprimidos.

  9. ai meu cu pra esses homens recalcados. quando algum chega em mim eu cuspo no chao, apago o cigarro na sola do meu peep toe e saio linda batendo o cabelo na cara dele. u.u

  10. Assisti o vídeo minutos depois da postagem e postei o seguinte comentário no YouTube:
    @dedilhadas Eu entendo os caras, vira e volta aparece umas sapas MUIIIITO masculinas grávidas (e não é por inseminação). E os bissexuais estão aí e ninguém tem placa na testa. Quantas mulheres até então heterossexuais nós cantamos e pegamos? Nós temos gaydar, #fato, mas e se eles tiverem o heterodar? A Claudia Jimenez declarou que era lésbica pq os homens não se interessavam por ela, essa declaração vinda de uma lésbica sem dúvida contribuiu para que os homens mantenham esse comportamento.
    E tenho o dito!

  11. Também acho isso um saco.

    Existe coisa mais feia e cafona do que aquela conhecida hetero que diz: vc é gay porque nenhuma mulher te deu um trato?

    Pooorra!

    VAI TOMAR NO CU…É O QUE ME DÁ VONTADE DE FALAR (desculpem-me pela deselegância)…
    beijos babado certo

  12. fugindo totalmente do assunto do post…
    to impressionada com as olheiras dessa sapa de maria chiquinha…e eu que achava que a minha era grande rs

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s