Aumento do vírus HIV cresce entre jovens gays em 2011


De acordo com um relatório divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Ministério da Saúde, o vírus HIV aumentou entre jovens homossexuais de 15 a 24 anos. Em 1990, a Aids correspondia a 25,2% dos homens infectados nesta faixa etária. Agora, em 2011, o número aumentou para quase o dobro, chegando em 46,4% de infectados.

Devido a esses dados, a campanha de 2011 em combate ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, que acontece no dia 1º de dezembro, será focada em jovens gays.

“Estamos buscando entender os aspectos de vulnerabilidade dos jovens gays, e quando falamos neles, também temos que falar dos (sic) travestis. Temos uma preocupação específica com isso, com entender a vulnerabilidade desse setor. Achamos que para esse público não falta conhecimento: 95% deles sabem que a melhor forma de prevenir a Aids HIV é a camisinha”, afirmou Alexandre Padilha, ministro da saúde.

Mulheres entre 13 e 19 anos também terão destaque nesta campanha. Segundo relatório, essa faixa de idade é a única em que há mais mulheres infectadas pelo HIV do que homens. Geralmente, meninas dessa idade acabam cedendo à pressão do parceiro em fazer sexo sem camisinha.

Fonte: Site e Revista A capa

30 comentários sobre “Aumento do vírus HIV cresce entre jovens gays em 2011

  1. Essas gays mais novinhas (boa parte) infelizmente nao estao nem aí pra camisinha… estão encarando a Aids como gripe… não viram o horror que foi a epidemia nos anos 80… Eu era criança nos anos 80 e ja me assustava com as mortes e sempre pensava nisso qd cheguei a adolescencia (final dos anos 90)…

    Infelizmente sao poucos que tem essa conciencia… Toda vez que vou trepar com alguem, eu fico esperando a pessoa tomar a iniciativa de colocar a camisinha… e raramente tomam… sempre sou eu que tenho que lembrar da camisinha… Enfim…

  2. Hipocrisia.
    No post anterior o autor do blog (bebada and prostituida) incentiva o povo a fazer sexo com qualquer um(três), sem saber em que mundo está e agora vem falar em prevenção?
    Tratando irresponsabilidade como se fosse humor.
    Ah… VÁ!

    Quero ver quando pegar HIV se vai ser engraçado e se ela vai contar em um dos seus posts “divertidíssimos”…

    • E reforçando aqui, no post está escrito EXATAMENTE assim: “…tinha feito a chuca, o cara não era feio, tinha camisinhas na bolsa…”. Então, se tinham camisinhas na bolsa, lóóóójyco que não era pra encher e amarrar nos 4 cantos do quarto pra ter festinha com “bexigas” infláveis, néam.. gato, présstenção!

        • Tem pouco neurônio funcionando na sua, bebê, VOCÊ LEU o que ele postou? você queria o que, garáleo, que eu falasse pras senhoras não fazerem sexo sem antes casar com o boy?

          Me poupe, ter feito sexo e mesmo bêbado ter lembrado da camisinha já é mais que exemplo de conscientização. Deixa de ser hipócrita

          • Já fez o seu feito e ganhou o prêmio da ONU na luta contra a AIDS! Tá bom senhorita famosidade? bjs

          • Não tenho nenhuma obrigação de fazê-lo, mas não ADMITO que diga que eu escrevi o que eu NÃO escrevi, apenas.

  3. Nossa, pior que eu lembro que no texto anterior uma das coisas que Maxy cita é que TINHA CAMISINHA. E olha, fica o exemplo: até sem saber onde tava soube usar. Eu hein, cês de vez enquando são tão haters que vestem uma carapuça de moralismo babaca.

    Enfim, esse ano eu quase virei estatística. Lá pelo meio do ano aconteceram umas coisas e bang, fiz besteira. Esperei 3 meses com o peso do mundo nas costas para fazer o exame. Fiz e deu nada, mas quem disse que mesmo assim a consciência dá trégua??? Se cuidem, pivetes…

  4. Quase nunca transo sem camisinha, mas quando transei foi pq estava mt bêbado ou estourou e tava tão bom q não parei, e isso só aconteceu umas 5 vezes, mas graças a Deus fiz o exame a dois meses e deu negativo para a AIDS e outras DST’s, enfim, tô trânquilo…
    Mas tenho amigos que não estão nem aí para o uso da camisinha, venho falando com eles e pedi pra fazerem o exame tbm, alguns fizeram e me disseram q tbm deu negativo, mas vou continuar insistindo para que todos se previnam.
    Ps: e a maioria são novinhos.

    • Tenso, comigo estourou uma vez também, mas eu pulei igual um gato quando você joga numa bacia d’água! Tirei de dentro NA HORA, valendo a regra dos 5 segundos uhauahuah.

      fiz o exame por desencargo de consciência mesmo, sou hipocondríaco demais, qualquer perda de peso eu já penso que tô com aids uhauhauah

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, e no seu caso que é macérrima, qualquer perca de peso preocupa, pq se não some.

        Mas eu tbm sou todo noiado e vou fazer o exame daqui uns meses de novo, sabe-se lá se não detectou e eu fiz Tatoos, nunca confio em ninguém.

      • Gente e voces sentem quando estoura, o cara socando em voce e dá pra saber se furou ou não? Sou Anestesiada?

  5. Fico assustado quando vejo videos de bareback aos montes dos usuarios do disponivel.com. Parece que virou moda. Aqui de Vitoria mesmo tem um grupo, ate grande, que adora filmar as trepadas desprotegidas e postar nos perfis desse site de pegacao. Tomem cuidado gatiras.

  6. É a primeira vez que comento no site, acho importante termos mais postagens falando sobre o HIV. Primeiro para prevenção e conscientização das pessoas em relação a importância do uso do preservativo, mas antes disso, a importância de sabermos que HIV não tem cara, soro+ não é um magricela pintosa de boate, pelo contrário, são, em seu grande número, os bofes discretos de academia e lojas de suplemento. Precisamos mostrar também que o HIV não é um bicho de sete cabeças, hj em dia com a evolução dos remédios, a orientação correta do setor de saúde e a pesquisa dos médicos em relação ao vírus respalda aos portadores sobre informações até anos atrás distorcidas. Hj uma pessoa soro+ vive normalmente e, em alguns casos, melhor que uma pessoa que não possui o vírus. A doença não escolhe condição financeira ou intelectual, ou vc acha que se vc começa a namorar um cara ele vai te falar francamente que ele é soro+?… Sabemos que as duas doenças que mais estão sendo estudadas mundialmente são o câncer e o HIV, isso pq todos nós estamos sujeitos a desenvolver um câncer e ser contaminado pelo vírus, mas principalmente pq existem milhões de pessoas importantes são portadoras do vírus, e isso não as faz menor do que ninguém, pelo contrário, conheço duas pessoas, não são do Estado, que me confessaram que após saberem que eram soro+ passaram a se cuidar mais, um parou de fumar e beber completamente e o outro passou a fazer exercícios físicos e sinceramente, vc’s jamais falariam que eles são soro+, pelo contrário, são dois homens lindos, malhados e com uma personalidade encantadora…. chorei de soluçar quando me contaram a situação deles, apavorado pelo fato de, infelizmente, sermos um grupo com o maior risco de contaminação.

    • Viver normalmente até acredito.
      Agora dizer que vive melhor ( entendo como melhor qualidade de vida) que uma pessoa q não tem HIV ai já nao concordo.
      Já vi depoimentos de pessoas soropositivas dizendo q da pra viver sim, mas os efeitos colaterais não são nada agradáveis e é na vida inteira.

      • Quando digo viver melhor do que quem não possui o vírus é o seguinte: A pessoa portadora do HIV não está doente, ela possui o vírus o que a força a ter uma vida mais regrada. Fazendo uma comparação com alguém que não tenha o vírus mas tem sua imunidade naturalmente baixa está na mesma proporção ou pior que alguém que tenha o vírus mas que faz o tratamento correto. Os efeitos colaterais do tratamento são no início, e isso varia para cada organismo, a pessoa ao descobrir que é soro+ é, imediatamente, encaminhada a receber todas as vacinas e os cuidados que o respalde a não ficar doente, existem infinitos remédios para o HIV, se vc não se adapta a um determinado tipo, o médico tem a possibilidade de trocar os medicamentos por outros e assim até chegar em uma combinação que não entre em conflito com seu organismo. Realmente o tratamento é para o resto da vida, mas nada comparado a alguém que tenha que fazer hemodiálise. Hj o HIV é visto como uma doença crônica, igual ao diabetes, onde vc terá que se cuidar e ficar alerta o resto da sua vida. Não estou dizendo que o HIV não é nada, pelo contrário, se vc é uma pessoa que já tem o organismo fraco e adquire o HIV, certamente vc terá problemas sérios de saúde, mas se vc é uma pessoa saudável que adique o vírus, vc poderá ter uma vida muito boa, diferente do diabetes, que é uma doença que se desenvolve ou vc nasce com ela, o HIV vc adquire, mas isso não te limita em nada. Trabalho com pessoas portadoras do HIV ha alguns anos, e posso te afirmar que a pessoa que vc menos desconfia pode ser uma soro+. O meu objetivo com este comentário é fazer com que as pessoas não pensem que quem tem HIV é magro etc… digo isso pq por inúmeras vezes me relataram casos onde um dos soro+ foi transar com uma pessoa e ela não fez questão do preservativo, levando em conta apenas a aparência dele. Os estudos estão muito avançados, e acredito que a cura para este mau está muito próximo. O melhor mesmo é se prevenir e usar proteção com quem quer que seja.

        • Obrigado pela explicação !
          Quem melhor para explicar do q alguém q convive ou vive a situação.

          Obs.:Hemodiálise é mesmo triste D+ !

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s