Pegando um Gancho


Não sei se vocês ficaram sabendo, mas ontem (quarta-feira), uma travesti foi assassinada em Cariacica, segue a notícia (prestem atenção nas palavras em negrito):

Um travesti, identificado apenas como Adriana, foi assassinado na noite desta quarta-feira (12), em Campo Grande, Cariacica. O crime ocorreu por volta das 21 horas às margens da BR-262, próximo à rua que dá acesso ao bairro Oriente.

Segundo informações passadas por testemunhas a policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Adriana estava no lugar onde costumava “fazer ponto” e esperar por clientes, nas proximidades de um motel, quando um carro não identificado, com dois homens a bordo, se aproximou dele.

Um dos ocupantes do carro teria desembarcado e, sem falar nada, atirou várias vezes contra o travesti. A dupla fugiu em seguida.

Agora eu vos pergunto: Por que cargas d’água os jornalistas ainda INSISTEM em tratar as travestis no masculino? As pessoas comuns eu até entendo, a maioria é ignorante mesmo, mas é vergonhoso pra um formador de opinião ser tão amador a esse ponto.

39 comentários sobre “Pegando um Gancho

  1. Max querido, vc nem imagina a quantidade de jornalistas conservadores, retrógrados e preconceituosos que existem em uma redação de jornal.

    E olha que existe um guia LGBT para orientar jornalistas nesses tipos matéria.

    Vamos combinar de todas as gays enviarem esse guia para as redações de jornais e lotar a caixa de mensagem desses jornalistas?

  2. Como uma empresa desse porte emprega um jornalista tão medíocre que não sabe escrever… Vergonhoso.
    Infelizmente mais uma travesti é assassinada, precisamos urgentemente da PL 122/06.

      • Sério, nao achei nada demais.
        A comparação é equivalente sim!
        Tá que pode até deixar uma travesti chateada, mas não é dever do jornalista saber como tratar, mesmo porque não estudamos pronomes pra travestis na escola! rs
        Aliás mt gnt nao sabe como chamar uma travesti, e é algo perfeitamente compreensivel.
        Talvez eles insistam nisso apenas por nao saber, e não para agredir.

        • Muita GENTE não sabe, gente comum. Agora, é obrigação de um jornalista, formador de opinião, ter noção sobre os subgrupos dos quais ele está tratando. Senão sabe, não seja redator, melbeim.

      • Nao me confunda gata…

        Se bem que eu confesso que sempre achei que fosse “o travesti”.

        Ai que burro… da zero pra mim!

        • Calma psicanalista! USAHuehsa
          Olha só oq achei pela internet:

          Segundo os dicionários Aurélio e Houaiss, travesti é um substantivo de dois gêneros, ou seja, existem as duas opções: o travesti e a travesti.

          Isso não quer dizer, porém, que se possam usar as duas para um mesmo ser. Substantivo de dois gêneros é aquele que tem uma só forma para os dois gêneros (masculino e feminino), e em que o determinante (artigo, adjetivo, numeral etc) da palavra denota o sexo do ser a que se refere.

          É um substantivo a ser usado, portanto, para homens ou para mulheres: se o ser for homem, usa-se o gênero masculino (o, um); se for mulher, o feminino (a, uma).

          Ex: Embora as pessoas com quem Ronaldo se envolveu apresentassem nomes e roupas femininos, elas (as pessoas) eram homens; seus nomes femininos eram falsos. A Andrea é o André. Trata-se, portanto, do sexo masculino. O substantivo a ser usado, então, tem de ser do gênero masculino: o travesti.

          Nem sabia!
          Os jornalistas estão certos gramaticalmente!
          Achei interessante! 😀

          • Faz todo sentido!

            Acho que é pq a gente só vê o travestismo masculino/feminino e nunca ao contrário.
            Mulher vestida de homem é “sapatão” mesmo.

          • O problema é que não é questão de gramática, é questão de respeito. O houaiss é conservador, NÃO é travesti, e eu acho que quem deveria determinar qual gênero ser chamada, são as próprias, indpendente de qualquer convenção nitidamente submissa ao senso comum.

        • Não é porque vocês não estão apoiando, é pq vocês não estão se atentando pro fato de que o dicionário se baseia no senso comum, que nem sempre está correto

          • q porra de enso comum, se uma pessoa esta mentindo ate pra ela mesmo e quanto mais a sociedade é um absurdo ela esta fazendo, não a outra pessoa q age de uma maneira mais agressiva e tals, ela esta dessrepeitando essa pessoa falando que ela é uma mulher denegrindo a sabedoria do seu semelhante e tals, e isso é mt grave, aos olhos da sociedade.. e pode haver algum tipo de represão e represalia por parte dela primeiramente, mentindo e desrepeitando a outra, falando q é uma coisa q não é, a pessoa faz a barba tem gogo e pinto portanto conforme a sabedoria, humana pertence ao genero masculino e isso é imputavel, ao conceito da logica so é amputavel no momento em que se faz o corte no dito cujo, ai ja é um genero diferente, por possuir o gogo, e ter esseso de hormonio ebarba ainda é um genero distinto do feminino, mais por não possuir mais um pinto não é totalemnte considerado homen, portanto isso é o correto..

          • salut je suis un jh de 37 ans non fumeur bien dans sa teate pyuisqhe agre9able je voulais savoir de quelle re9gion es tu.ton annonce me plait et je pense correspondre e0 ce que tu recherches . laisse moi ton tel

  3. Tchynna kd vc nessas horas ???????

    Ai eu acho mto complicada a questão, tecnicamente o jornalista ta certo mas a identidade da pessoa vai mto além do que genética e característica sexual! É uma questão pessoal e subjetiva, tem homem quem transa com homem e não é gay…

    • Aonde q homem q transa com homem nao é gay .. ele pode nao se sentir ou auto denominar gay .. mas apartir do momento q vc transa com outro homem vc ESTA num sexo ou numa relaçao GAY…. essa sigla HSH ( homens q fazem sexo com homens) instituida pela militancia pra mim é medíocre !!!!!

      • Que bom q vc sabe o q ta falando!
        Eu concordo com vc que uma pessoa que faz sexo com outro do mesmo sexo é homossexual, mas ele não necessariamente precisa de intitular gay. Tbm acho que é tudo farinha do mesmo saco e que ficar criando identidades demais só complica as coisas. Repetindo o que eu disse é uma questão complicada, pessoal e subjetiva.

    • Aqui estou!!!
      Também não entendo nessa insistência. A Folha mesmo resolveu usar O e ainda a palavra “homossexualismo”. Eu acho que falta os jornalistas gays que são muuuuitos começarem a se impor nas redações. É uma questão delicada, mas será que a empresa prefere perder bons profissionais por conta do gênero de uma palavra? Infelizmente acho que sim! Sim, contraditório. Como a vida é!

      Beijosss

  4. Max , eu tenho várias amigas travestis , e elas nao se sentem menosprezadas por muitos os intitularem de os travestis ,mesmo pq travesti q é travesti a maioria q eu conheci gosta de passar e as pessoas saberem q ele é um travesti e nao uma mulher , qdo isso acontece elas se sentem elogiadas mas nao se sentem transexuais … pq aew já entramos em outro nivel de discussao… algumas travestis q nao se intitulam mais travestis pq é pejorativo…. pq o conceito de transsex é outro … q éo caso da Ariadna do BBB… enfim debate pra horas ….beijos !!!

  5. Não há o que criticar num jornalista que seguiu a gramatica!
    Deveria ele seguir o “bom senso” e burlar as normas?
    Acho isso muito relativo, e até que concordo com o senso comum.

        • Sim, como o rapaz postou acima, a opção de usar o artigo masculino ou feminino, gramaticalmente ambos estão corretos.

          Daí fazer valer o bom-senso eu considero ser bem mais interessante.

          • Eu que postei falando:
            É um substantivo a ser usado, portanto, para homens ou para mulheres: se o ser for homem, usa-se o gênero masculino (o, um); se for mulher, o feminino (a, uma).

            Se for um homem vestido de mulher é O TRAVESTI. Se for mulher é A TRAVESTI.

            Não tem duas opções, apenas se a pessoa for hermafrodita! rs

  6. Sim, mas essa opção não tem na gramática. E a função do jornalista é segui-la. Portanto nao há outra saída pra ele. A crítica deveria ser direcionada aos gramáticos, ou qm escreve dicionários e afins.
    Mas também, como disse o miro, nem mesmo as travestis se importam com isso. Eu, particularmente não vejo problema.

  7. cambada de gay do caralho viu meu pelo amor de Deus..
    mais é vdd isso mesmo, a pessoa de um genero sexual diferente pela logica estabelicada por Deus deve se alinhar a logica da humanidade populacional que ela esta ok..

    se uma pessoa é transesual tudo bem mais quando vc ta conheçendo essa pessoa e ela não se assumir com o seu genero real, a pessoas esta mentindo e denigrindo a imagem dela cacete..
    vc é o que, ai vai la e fala mulher, po tu faz a barba tem pinto, tem voz diferente de uma mulher tem gogo e o escambal, então assuma a realidade para não haver problemas com a sociedade se entende, blz olha e fala que é transexual e tals, ou que nasceu homen e não se aceita com essa opção se considera mulher mais nasceu homen, e ainda possui ou não mais possui os logotipos do sexo masculino que é um penis alright..

    pq é complicado vc falar com uma pessoa desse tipo, e essa pessoa instindo que é mulher, ai numa dessas pode haver uma agresão e tals, e ai a pessoa é homofobica ou foi desrepeitado severamente e herronemante pelo transeuxual pela sua persistencia numa mentira escandalosa, que caralho, para não haver pre tipos de preconceito basta so assumir a sexualidade e pronto, vivemos num pais sem mt cultura mais globalizado, se a pessoa falou a vdd niguem vai demostrar nenhum tipo de homofobia em etsado deliminar e tals, então é isso, viva o bom senso e as leis de Deus mesmo jogadas de lado e jogadas no lixo sobre isso tudo, deve se ter respeito com a sociedae para ela não agir de forma violenta e tals, mesmo se tratando de um pais sem mt culutura ísso é tudo ate mais sem mais delongas e sem mais acresccentar,,

Deixe uma resposta para Max Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s