…com passos de formiga e sem vontade!


Atualmente a mídia vem divulgando vários casos de violência homofóbica ocorridos nas grandes capitais, os sites do seguimento LGBT estão lotados de mensagens de repúdio e inconformismo, mas a maioria de nós, homossexuais, prefere não se importar, adotando uma postura leviana e pessimista diante da realidade.

Desde 2001 o Brasil empurra com a barriga o PLC 122/2006 de autoria da ex-deputada Iara Bernardi, que obteve sua aprovação na Câmara e aguarda agora a aprovação do Senado. O projeto tem como base tornar crime a discriminação contra homossexuais, ou seja, alteraria a Lei 7.716 de 1989 (que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor e religião).

É incrível que haja, ainda, uma certa indignação por parte de muitas pessoas em relação a criminalização da homofobia, é como se fosse um direito heterossexual abusar, verbal e/ou fisicamente de homossexuais. Aliás, qual o prazer de menosprezar outra pessoa? Auto afirmação?

Hoje, mulheres, negros e evangélicos são defendidos por lei, enquanto os homossexuais ainda são marginalizados e motivos de piada na TV. Segundo Kiko Riaze, do blog Subvertendo Convenções: “Nós gays somos oprimidos, pois permitimos que seja assim. Não somos um grupo tão minoritário, juntos, somos bem numerosos e significativos e estamos em toda parte, em todos os setores da sociedade… Podemos promover uma grande reforma se quisermos. Entretanto, somos passivos (com perdão do trocadilho) em relação a tudo o que acontece.”

O GLOBO, 4° maior jornal do Brasil, demonstrou em seu último edital “A necessária criminalização da homofobia”, total apoio ao PLC 122/2006 e consequentemente a causa LGBT, o MEC divulgou esta semana que incluirá o combate a homofobia no Plano Nacional de Educação para os anos de 2010 a 2020, fora todas as outras coisas conquistadas pela comunidade gay durante todos esses anos de luta e qual o real valor, que nós estamos dando a isso?

30 comentários sobre “…com passos de formiga e sem vontade!

  1. Não adianta querer identificar de onde são os homofobicos, se são ou não evangelicos, eles estão em todos os segmentos religiosos e sociais! os evangelicos tambem sofrem discriminação em relação a catolicos, deixo até uma sugestão de um post: porque um estado laico tem tantos feriado com dias de santos, como um estado laico tem um santo como padroeiro? como o estado ‘laico’ financia festas da igreija catolica? Esses são so algumas das perguntas que me faço e nunca tive respostas!

    • 1º: percebe-se que vc é evangélico!

      2º: o fato de eu identificar um dos homofóbicos em questão não quer dizer que eu seja “burr0” e não saiba que eles estão presentes em todos os ramos da sociedade…aliás querida, não precisa ficar falando isso ñ, todo mundo sabe…

      3º: se eu fosse escrever tudo o q eu penso a respeito desse assunto daria páginas e mais páginas de textos, e na boa, eu já to cansado de falar sobre isso…aliás leia alguns post’s anteriores q vc verá um dialógo muito produtivo entre eu e a max acerca de “genética homossexual” etc…

      4º: eu fiz apenas uma observação, ou vc keria que eu comentasse cada um dos infelizes q aparecem no vídeo?? não faz a princesa daiana!

      5º: tchau!

      • 1° NÃO sou evangelico, porem conheço mts pessoas que são, e os que conheço não são menos hipocritas que os catolicos que conheço.

        2° Como vc mesmo disse n teinha a necessidade de vc pegar um determinado individuo pra Cristo, e crucifica-lo.

        3° Se vc ja estivesse cansado não teria se dado ao trabalho de responder ao meu coment, ninguem esta cansado, podemos estar revoltados, decepcionados, mas no dia em que estivermos cansados ai a coisa vai só piorar pq não tera ninguem pra lutar pelos nossos direitos.

  2. As pessoas só se sensibilizam qdo sofrem na pele. eu mesmo, antes nunca tive problemas. Por vários motivos eu era da turma da mafia. cresci e vi q pessoas ao meu redor sofriam. Antes nunca me senti excluido. hj eu me sinto discriminado, não tenho filhos nem sou casado. Existe uma cobrança da sociedade e eu tô cagando p ela.

  3. vcs viram q um dos homofóbicos do twitter no vídeo, tinha o nick:
    evangelista!!! [2]

    Me desculpem mas não consego não ter nojo da hipocrisia dos evangélicos.

    Tenho amigos gays filhos de pastores que pegam geral na boite no sábado e no domingo a noite pregam como boas ovelhinhas que são.
    Tenho tias e primas que já me mandaram e-mails usando a bíblia para condenar os homossexuais à morte, como se não soubessem que eu também sou um. Ambas tiveram sua família destruída pelas drogas, foram traídas pelos maridos e hoje estão em depressão… castigo divino?

    Mas, acho que o maior culpado de nossos preconceitos somos nós mesmos. Não, não é culpa das pintosas, das afeminadas que vivem sua vida por aí.. A culpa é das incubadas que ao se manterem no armário não demonstram à sociedade que os gays estão em toda parte. Quantos amigos e parentes passam a aceitar a homossexualidade quando descobrem que alguém próximo é gay ou lésbica? É um problema quando não é com a gente, quando é, passamos a tenter compreendê-lo.

    #desabafei

    • eu não sigo a bíblia…
      mas se eu seguisse, eu levaria ao pé da letra td o q ela professa!!

      ex : LIVRE ARBÍTRIO!!!!

      não gosto de entrar em questão religiosa, pq p/ mim é indiferente!!!
      mas…… essa dualidade que os cristãos tanto defendem (Céu x inferno)
      eu tenho certeza que muitos ñ chegaram nem perto das nuvens ( mais uma vez reforço que ñ compactuo com essa visão, apenas mostro como nem eles seguem o que eles tanto defendem…….tem q escrever esses textos, pq tem beesha q ñ entende!))

      🙂

  4. Falar que odeia viado..

    nuossa…

    todo mundo tem o direito de nao aceitar a homosexualidade….como tb não temos o direito de aceitar a heterosexualidade…se não quisermos.

    mas tem que reconhecer os direitos…tem que reconhecer a igualdade.

    e sinceramente…..eu to pouco me fudendo se essas pessoas gostam ou nao dos gays….

    a questão é…eu tenho direitos iguais??? posso casar com homem e ter meus direitos??? posso adotar??? posso exigir de uma pessoa o porquê de nao ser aceito em tal emprego ou o porquê de uma agressão sem motivo???

    eu tendo esses direitos…naum to nem aí….

  5. Muito bom esse post sobre homofobia.
    Espero que os leitores do blog comecem a se conscientizar do problema que é mais sério que imaginamos.

  6. Enquanto a comunidade( que nem eh tao comunidade assim) for passiva e continuar fazendo a egípcia com relação a isso, cobrar seus direitos como cidadãos pagadores de impostos, leis como plc 122 vão fazer bodas de ouro no senado tentando aprovação.

    Não estou aplicando a todos, mas LGBT só briga por alguma coisa qnd a pimenta arde no rabo, e as vezes nem assim.

    MINHA OPNIÃO

  7. Hoje um professor meu falou uma verdade. A parada gay de São Paulo consegue reunir mais de 1 milhão de pessoas, mas o protesto no vão do MASP contra os ataques noticiados nas últimas semanas reuniu apenas 300. Pq será né? Festa todo mundo quer e o resto que se foda!

    • eu concordo…
      porém tem que se levar em consideração q a parada já é evento fixo todo ano, já é meio que “feriado”….já no protesto não organizaram nem em uma semana (o que é compreensível, afinal se deixassem a poeira baixar o caso cairia no esquecimento), por exemplo eu só fiquei sabendo desse protesto no sia seguinte…mas msm assim isso não justifica……..sabemos q são paulo não é só 300 beeshosas!!!…rsrsrsrsrs

      bjs

  8. Izaaa, parabéns pelo post.

    Serei, como não é meu costume, mais objetivo e prático.

    Ontem eu fui à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (apesar da situação caótica da cidade) para uma sessão com o deputado Carlos Minc (PT), que disponibilizou um espaço para diálogo entre o poder legislativo, a polícia civil (que está apurando o caso do gay que foi baleado depois da Parada Gay do Rio) e a sociedade civil em geral.

    O que pude perceber é que nunca estivemos tão ativos em relação a isso, apesar de ainda ser pouco. A indignação de setores do sociedade com esses crimes, a adesão de outros à causa e a repercussão na mídia abrem um espaço inédito pela luta por nossos direitos. Ontem, o presidente do grupo arco-íris enfatizou que não podemos deixar passar esse momento. É hora de brigar pelo PLC 122/2006 e pela igualdade de direitos. Nas palavras dele: “é hora de iniciarmos uma luta permanente. Nossos direitos não podem ser impedidos por Malafaias e Crivellas, que organizam uma verdadeira cruzada contra nós.”

    Como foi dito, não somos uma minoria tão minoritária assim. Sei que pedir interesse por participação política é difícil, mas nossa causa não é utópica. Mesmo que você não vá às ruas, lembre-se que a luta começa em casa, na rua, na escola, na universidade, na igreja (por que não?), no bairro.

    LGBT’s do mundo, uni-vos!

  9. gente, olhem que texto absurdo que eu achei na net…..
    é da arquidiocese de campo grande (MS)
    se é que eu posso chamar isso de texto!

    http://arquidiocesedecampogrande.org.br/arq/noticias/noticias-do-ms-e-brasil/3818-enem-cria-desconforto-com-pergunta-ideologica-sobre-homofobia.html

    o “engraçado” é que o autor do texto está tão por dentro do mundo gay…
    vide: imundos banheiros públicos!

    só falta ele dizer que héteros não fazem sexo em banheiros públicos!

    vou comentar em outro post tbm p/ ter mais visibilidade!

  10. que pena que o meu pais tem ainda uma mentalidade tão atrasada

    até a argentina esta melhorzinha,

    vergonha brasil!!

    vergonha de TI!!!

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s