“Carnaval taí, Mônica!”


Essa é pra você que é feminina, tem ódio mortal da sua mala e que sempre faz o truque na calça apertada porque tem o desejo íntimo de se montar um dia.

Tô bonita?Pois então, vocês ficaram sabendo de todo o rumor sobre a Max se montar no show da Elaine Rowena, que aconteceu ontem no Teatro Carlos Gomes. Se não ficou sabendo, morra, porque nós postamos 500 vezes no bluóg.
Quem foi viu e quem não foi verá as fotos em breve.

Eu nunca havia me montado antes, no máximo coloquei os saltos de mamãe quando era adolescente, mas isso todas vocês já fizeram um dia. E, é claro, aquelas fotos que o Dé postou não valeram, afinal, eu estava só metade (mal)montada.

Baseada nisso, resolvi contar pra vocês toda a minha experiência de ser drag por um dia. Tá afim? Então cruze a perninha, dê um gole na xícara de café e coloque seus óculos das Óticas Diniz:

Chegay lá no Teatro por volta das 15h20, atrasada, porque peguei o maldito 516 que em vez de ir direto, faz um tour por todos os pontos de prostchytooeeção de Vila Velha antes de ir pra Vitorinha.

Elaine Rowena já estava lá, maravilhosa e silenciosa para manter a voz belíssima pro show, fui ao meu camarim (sim eu tinha um camarim, bonitas). O problema é que era o camarim errado, mas como estava cedo, fiquei lá sozinha dando pinta no janelão e costurando o que faltava da minha roupa. Dé apareceu e descemos pra beber uma cerveja, pois estávamos nervosas.

Quando deu umas 7 horas toda minha equipe chegou, claro, “porque um rosto de mulher é um rosto de mulher”, e o que não não faltava era bee querendo me montar (mentchêra!).

Muco da Max

Dessa vez fui ao camarim certo, com frigobar e comidinhas pra nós (muito phynnna), lá encontrei mais três drags, sendo que uma delas faz parte do elenco fixo da Tia Chica.

Minha cara foi na chóm, afinal, eu virgem e cabaça me senti um NADA perto daquelas drags que de tão experientes fazem a maquiagem sem espelho dentro de um carro em movimento.

E começou o reboco, as guei encheram minha cara de base, jogavam no meu rosto e no meu corpo igual a Xuxa faz com Monange, fizeram meu olho, minha boca, e no fim de tudo me senti a Vera Fischer tendo que expressar emoções só com o olhar, já que tava tudo cimentado.

Fiquei naquela apreensão toda, repassamos a coreô, e a cada música cantada pela Rowena, era um ano de vida que meu coração perdia. Descemos.

Na boca do palco, pensei que fosse desmaiar, juro gatinhas, minha perna tremia, cambaleava, e meu olho estava mais arregalado que daquele lêmure do Madagascar. Entramos.

No palco, Emily Rose incorporou e trouxe com ela seus sete demônios. Dançay, dei pinta, fiz carão, sambei, e quebrei o caralho todo. É como se o tempo congelasse e nada daquilo estivesse mesmo acontecendo, saca dimensão paralela?

No fim de tudo, não satisfeita e já íntima com o personagem, fui pra frente do teatro, tiray fotos, dei close e chokay a sociedade, uma delícia foi passar no meio do teatro LOTADO, e com as luzes acessas. Se vocês acham que eu chamo atenção vestida no dia a dia, não têm NOÇÃO do que foi aquilo. hahahahaha.

Agradeço ao Lúcifer, ao Jeff, ao Dé, a Tarcila Open, a Cyrax e a Andréxia Simon pela ajuda e por terem movido montanhas pra que isso fosse possível, vocês são demais!

E como disse a Jeff: “Max, você já é praticamente uma mulher, toma cuidado com montagem, porque se você fizer num dou dois meses pra você botá peito!” ALAKA!

Será?

18 comentários sobre ““Carnaval taí, Mônica!”

  1. Tô tentanto postar os vídeos que fiz ontem, mas a net ta leeeeeeeeenta. Mas acho que até o fim do dia consigo. rsrsrsrsrsrs

  2. Só digo apenas uma coisa:

    “”I’m beautiful in my way, because God makes no mistakes, I’m on the right track, baby I was BORN THIS WAYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYYY!”

  3. HAHAHAHAHAHAAHA

    Calma gata, não é pra tanto…
    afinal montar é como o primeiro sutiã… e vicia.

    CARNAVAL TAI MONA 2011 NOW

  4. Deve ter sido uma apresentação e tanto. como não pude ir, tbm estou ansioso para ver as fotos!!!

    Ps. as bees falam, falam… mas, acho q toda bee tem vontade de montar-se pelo menos uma vez, só pra sentir a sensação, ver como é, como vc teve Max. (Quando digo montar-se, e com direito a tudo, o pacote completo).

  5. Só pra esclarecer, o bichinho de madagascar é um primata (lêmure) e não um marsupial…
    queria ter ido no show tb….se não estudasse a noite tb!!!

    • Nossa, bee, que gafe, e eu ainda faço Biologia, hein?

      Vai entender, e olha que eu tava com a palavra lêmure na cabeça desde o começo. louca.

      Vou consertar 😀

  6. Max, amor, a senhorita arrasoooou!!!
    Foi uma delicia ser sua madrinha artística!!
    Você estava linda, e o mais importante, androginérrima!!
    Com ou sem reboco, essa pele e rosto perfeitos que a natureza te deu chamam a atenção e deixam as recalcadas de plantão nervosas.
    Brilhe e aconteça sempre, bee.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s