A moral transviada do populismo cristão


Quem me conhece sabe que eu amo o filósofo alemão Nietzsche. Aproveitando essas poucas semanas de férias estou lendo uma edição de bolso do seu (recomendo!) ‘Além do bem e do mal‘. Estou falando isso não é pra dar close de intelectualidade não, mas sim para destacar um trecho do livro que coicidentemente casa direitinho com o assunto que eu pretendia falar. O trecho é o aforismo nº 219, do capítulo 7, “Nossas Virtudes”, eshpia:

Click para ver ampliado.

Esse prelúdio nietzscheano é para discutir com vocês a respeito desta questão aqui: a ementa PL 7018/2010 que PROIBE a adoção de crianças e adolescentes por casais do mesmo sexo, criada por Zequinha Marinho do PSC do Pará. É isso mesmo que você leu, ele quer vedar que casais homossexuais tenham direito a adotar, na contra-mão de… de… DA RAZÃO! Vejam a que ponto está chegando a distorção moral do Estado brasileiro. Segundo li, o motivo – é, porque teria que ter um ótimo motivo pra se propor um absurdo desses – de tal ementa é evitar o CONSTRANGIMENTO das crianças e adolescentes adotados de ter pais LGBT’s. Como sempre digo, não podemos subestimar a estupidez das pessoas! Em vez de se combater as causas do dito constrangmento, que eu chamo de homofobia, um representante do poder público prefere que milhares de crianças e adolescentes cresçam abandonados, mofando em orfanatos e depois sejam abandonados a própria sorte na sociedade, sem recursos e educação, a que eles passem por “constrangimentos”.

Por favor, comentem a respeito, estou tão revoltado com essa realidade, movido por um espírito derrotista, cansado de dar um passo pra frente e dois pra trás, e prefiro não terminar o texto com uma mensagem pessimista. Prefiro terminar relembrando de Terence, o menino holandês que canta na TV o ORGULHO de ter pais gays e sua feliz vida familiar:

Brasil, ame-o ou deixe-o?!

Sugestão de pauta de Márcio via e-mail.

17 comentários sobre “A moral transviada do populismo cristão

  1. Absurdo! Temos de fazer algo a respeito rapazes. Negar a adoção a casais do mesmo sexo é abandoná-los duas vezes. Que mundo seria esse?
    Lágrimas nos olhos! E depois veêm me criticar quando digo que quero um filho e menino.

    • Ps: eu também quero um menino!

      vou ensiná-lo a ser crítico e a não mentir sem necessidade.
      vou ensiná-lo a não ser muito ambicioso, a ser leve e a ter caráter.
      vou ensiná-lo a não se importar muito com coisas materiais e não com o que as pessoas falam e a não enganar as mulheres ou homens.

      Cadu falará que eu sou aquariano, mas é o meu sonho de família futura:

      Eu, meu amor, meu filho, um Bulldog chamado Frederico ou Tobias, uma gata chamada Lola e uma planta carnívora, todos numa casa média perdida por aí.

      às vezes eu fico imaginando como seria ter um filho, mas eu sou TÃO imaturo ainda, TÃO egoísta ainda, Tão voltado só para mim.

      Quer casar comigo, mas não agora?

  2. Dé.. nossa.. tb adoro Nietzsche…

    Mas o que me consola é que dificilmente uma proposta dessa passe pelo congresso… assim como, infelizmente, é dificil de passar a lei CONTRA a homofobia ou da união civil.

    Existem muitas vozes progressistas no legislativo, assim como muitas extremamente regressistas. E caso essa da adoção passe, seria facilmente derrubada no STF por inconstitucionalidade.

    Mas é tenso… vivemos numa ilha de modernidade, vanguardismo, senso crítico e outros mais. Mas cercada por um oceano de ignorância, falso moralismo, demagogia/intolerância religiosa.

    No curto e médio prazo não teremos mudança alguma em nossa favor…

    Se alguem gosta desses assuntos, recomendo assistir o filme Ágora com a Rachel Weisz. Que pode muito bem ser aplicado aos dias de hoje… com a lucidez/intelectualidade (nós) sendo devorada pela ignorância/radicalismo (povão).

  3. Admito que tb fico bastante triste quando tomo conhecimento de que aqueles que, teoricamente, teriam que nos representar se valhem da ‘moral’ e dos ‘bons costumes’ para cecear direitos básicos do ser humano.

    E eu falo de direito não declarados pela lei: o direito à felicidade, à realização e, principalmente, o direito de amar e receber amor.

    A sociedade está mudando. Por mais que digam que as coisas são ruins, por mais que tentem me provar que o mundo está pior, eu me recuso a acreditar. Pessoas sem noção e completamente anacrônicas haverá em qualquer época e lugar (alô, Bento XVI, é pra vc)…mas só pela possibilidade de discutir abertamente e questionar e apontar o dedo pra falar: “Hey, bee, vc tá errada!” pra mim já é um baita avanço.

    Beijo pra todo mundo, senti saudades. É muito bom tá de volta!

  4. Quando eu tentei ler “Ecce Homo” (também tenho a versão pocket, parei pq fundia meus neuronios uhahuahu) fiquei impressionado com as coisas que ele escreveu, muito se encaixa perfeitamente na nossa sociedade “moderna”, definitivamente ele nasceu póstumo como todo mundo diz…

    Fiquei encantado com o holandesinho cantando, imagina uma música dessa no Raul Gil que basfond!!!!!!

  5. Ah e essa proposta é ridícula… é a mesma coisa que proibir casais brancos de adotarem crianças negras “pra evitar o constrangimento” (só pra ilustrar algo parecido)… Zequinha não foi dessa vez!

  6. Engraçado…

    logo hoje que acordei com uma vontade imensa de casar, ter filhos e viver um amor romântico, bem século XIX.

    Mas eu fico pensando no meu futuro…
    …e se algum dia( se acontecer) eu quiser ter um filho, mas casado ( vulgo junto oficialmente) com outro homem?
    eu quero adotar.
    não quero contratar barriga de aluguel, pois a mãe, para mim, também teria direito.
    e eu nao iria querer isso.

  7. Acho q é nesse tipo de coisa que devemos pensar ao elegermos alguém, tomar cuidado com quem estamos colocando no poder… Sabe, eu estou longe de ser um militante das causas homossexuais, nem me atento muito à isso, mas não consigo entender o que se passa na cabeça desse tipo de cidadão que não quer ver a felicidade de outro cidadão, que cumpre com as suas obrigações do mesmo modo que ele, e os direitos, onde ficam??

    • Realmente, arrazou no video. Amei o garotinho cantando, muito lindo esta atitude dele com os pais.

      PS.> Vc’s trazem cada coisa pra gente. Imagino que vc’s passam horas e mais horas navegando na net pra trazerem conteúdos de interesse comum a nós.
      A cada post, uma novidade para mim.
      Obrigado por, nos manterem atualizados!!!

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s