O Fim sem Começo!


Muito dramaqueen

Já estava louca para falar sobre o “Do Começo ao Fim” faz algumas semanas, mas achei melhor esperar estrear em Vitória para depois eu fazer meu comentário. Minha curiosidade era enoooooooorme e acabei vendo o filme poucos dias depois  que entrou em cartaz em São Paulo, na minha última viagem (ainda tenho que contar os babados delas para vocês).  Eu já tinha lido váaaaaaaaarias críticas ruins e isso meio que já tinha me preparado, mas mesmo assim não me influenciou. Estranhei que a sessão não estivesse muito cheia -pensei que ia sair de lá casadérrima com um paulistano investidor da Bolsa e fiquei perto de umas bills meio estranhas. O filme começou. Finalmente! Mentira, o filme demora para começar. A parte que eles são crianças é beeeeeem chatinha, para não dizer irritante.

Quando finalmente eles crescem, fica uma delícia de se ver, mas o que são as conversas deles? Gente, é tudo muito bobo. Os dois são lindos bobos-alegres que riem de tudo. O filme vai rolando e não acontece praticamente nada! Não que seja uma filme parado, mas falta alguma coisa. A música sempre nos dá a impressão que algo vai acontecer ou está acontencendo, mas é falso. Polêmica? Nenhuma praticamente. O muito em “Do começo ao fim” é lindo e ensolarado. Eles são bonitos, tem grana e bem dotados (e tem bundas maravilhosas também).

São tão felizes!

Minha impressão é que eles são tão bonitos, mais tão bonitos que pouco importa a história. Poderia ser um filme mudo. Aliás, deveria ser um filme mudo. Tirando a Júlia Lemmertz, as imagens do Rio de Janeiro e a nudez dos atores nada é muito interessante. O resto nem vale a pena. Ok, adoro a cena que eles fodem usando o computador! Saí do cinema e aproveitei as horas que me restavam por Sampa. Isso sim, valeu a pena!

35 comentários sobre “O Fim sem Começo!

  1. Disse tudo o que eu queria também. Parecia até uma novela do Manoel Carlos: todos muito ricos, muito bonitos, ninguem tem problemas com nada, o RJ como local principal e assim segue a vida. Polêmica? Pff, todos tratam o situação com tanta normalidade no filme que você até esquece a questão do incesto. O filme tem a estética fantástica, mas a trilha sonora é chata e a história não convence, prontofalei! Pra quem ainda não viu, veja. Pelos menos o filme vale pelas cenas mais quentes e pelos nús frontais – que ninguem esperava diga-se de passagem. E se você é do tipo ‘Alice’, com certeza vai adorar.

  2. Nada acontece. Simplesmente nada. Cadê o ápice, cadê a polêmica, cadê o drama? Tudo isso é necessário quando se trata de incesto… ainda mais gay!

    Mas não… o drama se desenvolve baseado na saudade de um do outro quando eles se separam para o mais novo treinar para as olimpíadas na Russia. MEU CÚ!

    Só vale a pena para ver os dois gostosões nus. Principalmente o mais velho, que não é um pedaço de mal caminho, e sim o caminho todo!

    • Gesunde Seelachs durch die Verwendung von wrassefishes in Norwegen: US $200 ffcr jedes Lippfish mit einem Gewicht von 0,3 kg! Google die fonlegde: (fvn.no> Ny oppdrettsfisk er gull verdt) Diese Fische beseitigt die Notwendigkeit ffcr Chemikalien und Antibiotika in der Lachszucht, weil sie Le4use (Gyrodactylus salaris) direkt aus der Haut von Lachs essen. Beobachten Sie 2 Freunde tauchen unter dieser Art von Fisch an der Norwegischen Kfcste: DIVING IN BISHOP HARBOR

  3. Eu acho estranho…..

    PQPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPP (666)

    A vida não é assim…..os dias não são sempre ensolarados, aspessoas não são deuses gregos,aspessoas não são todas ricas…..

    e se eu quiser ver pau de homem, vou no porn tube. Ou tiro a cueca.

    Pior é que muitos gays acham que a vida é assim….

    ACORDA ALICE!

  4. Sabe….

    acho que deveriam fazer um filme com gays BEM AFEMINADOS, só para quebrar esse clima de “gay heterossexual final dos anos 70”. Nem que seja um curta que dê respaldo, para equalizar as coisas. A sociedade precisa ver que temos uma variedade no grupo GLBT. Tem que ser feito com travestis tb…oras.

  5. Bicha: Eu quero transarcom um heterossexual….

    análise: (Se vc conseguir, pode ter certeza que ele não éheterossexual…..)

    auhauhauah

    Bicha: Eu sou só ativo.

    análise: ( Ótimo mas isso não faz de você menos gay. )

    Bicha: Eu odeio bicha afeminada…

    análise: ( O que é macho para um pode ser afeminado para o outro…)pense nisso.

    No mais……

    (Momento desabafo on)

  6. O que faltou no filme para ser uma novela do Manoel Carlos:

    1. A atriz principal se chamar: Helena;
    2. Alguem raspando a cabeça com uma música de fundo bem triste;
    3. Uma menina com sindrome de down dizendo Moça Munita;
    4. o Zé Mayer sendo pegador;
    5. e claro um depoimento no final.

    bjobunitas

  7. PQP …tambem esperava um pouco mais deste filme …tipo se for pra ver seminus e nus vejo meu namorado que tem o corpo escultural.

    Mas tipo quem sabe no próximo vitória cine video alguem faça um curta que realmente retrate a realidade homossexual com seus dilemas e tal.
    O filme dá a impressão de que tudo é sempre lindo …aff ninguem merece isso …

  8. Eu disse que seria uma bosta mas ninguém me ouve…

    Por isso que eu amo “Queer as Folk”.
    A série fala TUDO sobre a vida gay em todos os aspéctos. Da hipocrisia das que fazem a linha Sandy até as orgias generalizadas.

    Está tudo lá!
    O sexo oral, as “mudernas”, o HIV, o preconceito, o travestchysmo, a buatchy (melhor parte), a amizade, a política, enfim… tudo que pode-se dizer que faz parte do mundo gay de forma beeeeem sincera.

    Recomendo!

  9. aconselho verem

    MILK, a voz da igualdade…é um filme de um ativista gay.

    sinopse:

    Harvey Milk é um político e ativista gay. Sendo o primeiro ativista gay a se eleger no serviço publico americano. O filme mostra a biografia de Harvey Milk.

    Vamos botar fogo no cabaré.

    uhullllll \o/

  10. Gente, não esqueçamos que cinema não tem que obrigatoriamente ser realista, nem mesmo verossímel. Cinema também não ter que necesariamente ter grandes conflitos ou enredos complexos. Acho que a proposta do filme é criar uma gay utopia, ou um conto de fadas gay. A poética pode sim acontecer no aspecto visual.

    Enfim, só problematizando. Todo mundo pensando muito igual por aqui.

  11. Acabei d ver o filme nos jardins , sim é uma merda do começo ao fim ….. acima todos já disseram o qto nao valeu a pena a película …
    O que mais me chamou a atenção é como existe espírito evoluído na Gavéa no Rj .. além do grande conflito .. compro ou nao uma passagem pra Rússia …. o nome do filme deveria ser :
    Lindas , loiras , bonitas , japonesas , ricas e dotadas do começo ao fim !!!!

  12. Concordo com o Dé, em partes. O filme não precisa ter necessariamente uma relacção estreita com a realidade, mas acredito que perdeu-se uma ótima oportunidade de se fazer uma obra bacana. Acho que a decepção maior foi causada pelo estardalhaço anterior ao lançamento do filme.

    Em relação ao comentário do “Out of Phase”, caso fizessem um filme com homossexuais bem afeminados, no dia seguinte nós próprios iriamos fazer críticas severas sobre a produção, quer apostar quanto? Dá até pra imaginar os comentários do tipo: “que absurdo, desse jeito estão nos estereotipando demais e taxando todas os homossexuais do mundo como se fossem bichinhas serelepes”.

    Não achei Do começo ao fim totalmente ruim, há o que se aproveite. Apenas esperava mais, muito mais.

  13. Ai nada a ver eles nus, mostrando “aquelas coisas”!!!
    As bee que me desculpem…mas, já que era um filme poético, pra que mostrar aquilo?????

  14. Eu acho que o autor quis passa a noção da vivência em um mundo aceite o homosexual como parte, não como estranho.

    Já o fato de serem ricas…. me falem bees vcs não amam isso!

    No mais, odiei o filme. Não valeu nem a pena ter visto a neca.

  15. Sou rica,sou fina,sou absoluta…
    mas nem por isso vivo num mard e rosas não heim gatans
    ah já entendi o filme todoooooo
    elas são milhjonárias e drogadas,daí por isso que tudo é perfeito,maravilhoso,bem manuel carlos mexmo…prontofalei

    acredita bunita!!!

  16. Fui ver o filme ontem e como as senhoritas devem saber, não me surpreendi em nada. A neca é ODARA! Pra quem quer ir só pra conferir esse fato ficadica: Gata não vale a pena ver um filme com dois protagonistas e dois coadjuvantes e mais nada só pra ver uma neca.
    Sugiro entrar no blog “anatomia do gato” ( http://www.aanatomiadogato.blogspot.com ) lá tem 1001 necas ODARA e bofes pra todos os gostos, sem falar que os vídeos de lá tem muuuito mais emoção do que essa porcaria que chamaram de filme.

  17. UÓ!
    MEU COMENTÁRIO NÃO FOI POSTADO..

    preguiça de escrever tudo de novo…
    Gente me explica o que era o shoping jardins ontem…
    Tinha mais bee do que na reinauguração da move!
    LOSHO!!

  18. “Eu acho que o autor quis passa a noção da vivência em um mundo aceite o homosexual como parte, não como estranho.”

    Fefe, se fosse isso ele teria feito um filme futurista gata, e não é o caso.

  19. Concordo com o que o Thiago escreveu no Introspective meses atraz.
    O negócio é que as bees dão valor a tudo que trate de homosexualismo, seja bom ou seja ruim.

  20. Engraçado, quando se fala de Liberdade sexual acredito que envolva tudo no conceito, inclusive incesto..

    porque não podemos aceitar um filme romantico gay?

    Alguem ouviu qual foi a proposta do diretor? em algum momento ele disse que queria ser polemico? ele simplesmente colocou suavidade em um tema polêmico colocando em tom de normalidade uma situação que
    as pessoas consideram estranhas..

    acho que deveriamos rever os conceitos sobre liberdade sexual e parar com o preconceito.

    O preconceito já começa entre nós.

    Beijos.

  21. Estão vendo
    As bees tem opinião própria e isso é absoluto… fato
    Bel minha concepção é diferente…. difícil? Não importa! aiai

  22. Eu vi o filme e pelos comentários que li ai em cima, sou o único hetero que postou aqui. Fui ver o filme com minha namorada, que é bi, e achei muito chato. Tenho contato com homosexuais e definitivamente, eles são se comportam assim. Minha namorada falou uma coisa também: por que tem que ser dois atores heteros para fazerem gays na história? E a mesma coisa que colocarem um ator branco pintado para fazer o will smith. Eu tenho um irmão gay assumido e sei que isso é diferente. Os filmes ou são tristes demais, cheios de orgias e drogas e brigas na familia, ou são cheio de romance exagerado e falso. É foda para a família descobrir isso por que a gente passa a vida ouvindo que é errado e pronto, mas é muito mais foda na cabeça do proprio cara. faltou vida.

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s