União civil entre casais do mesmo sexo: um sonho possível?


Lembram daquela matéria que postamos aqui sobre adoção de união civil entre casais homossexuais pela defensoria pública aqui do estado? Li em alguns sites e blogs LGBT do país a respeito de uma procuradora-geral da República – Deborah Duprat – que está propondo ao Supremo Tribunal Federal dedução de descumprimento de preceito fundamental, com pedido de liminar e de audiência pública, para reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo. Ela afirma que quer que aos parceiros homossexuais sejam dados os mesmos direitos e deveres dos companheiros em uniões estáveis, já que, ao negar o reconhecimento deste tipo de união, o Estado alimenta e legitima uma cultura homofóbica. Arrasou! Saibam tudo sobre o assunto no blog Bota Dentro.

O babado tá ficando tão forte, que minhas esperanças estão começando a reacender e poder constituir família com nossos parceiros e parceiras (não esqueçamos de nossas amigas lésbicas, leitoras assíduas de nosso blog babadeiro) se torna cada dia uma sonho mais possível. O assunto já está repercutindo no estado, e o jornal A Gazeta de sábado passado (04/07) publicou uma matéria sobre o tema, leiam (cliquem para ver ampliado):

enviar-de-bc-agazeta-4.7.09Caetano Veloso em uma de suas músicas fala o seguinte: “surpreenderá a todos, não por ser exótico, mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto quando terá sido o óbvio“. E não é exatamente o que está acontecendo agora?! A clareza e a sapiencia das palavras da procuradora-geral são sen-sa-ci-o-nais! De fato, o Estado não pode negar aos homossexuais um direito assistido aos héteros baseado no discurso religioso. O Estado não é laico? O Estado não é democrático? Há uma multiplicidade de sexualidades e religiões que não podem ser ignoradas e não cabe ao poder público (por ser público, oras!) subjulgar ainda mais as minorias, deveria fazer exatamente o oposto, gente! Pois o pensamento religioso é irredutível sobre essa questão, não adianta argumentar:

enviar-de-bc-agazeta-4.7.09-3(click pra ver ampliado)

Eu estou muito otimista com tudo isso, não nego, e já passo a fazer planos com meu companheiro, pois várias situações apontam que pouco-a-pouco estamos adquirindo nossos direitos na sociedade:

enviar-de-bc-agazeta-4.7.09-2Sonhemos, amigas, sonhemos. E lutemos!

Agradecimento pela dica e pelo material a Patrick Monteiro.

6 comentários sobre “União civil entre casais do mesmo sexo: um sonho possível?

  1. “Espero que dessa vez possamos dar este passo tão importante rumo ao que um dia poderemos chamar da tão sonhada igualdade entre pessoas, que simplesmente querem ser felizes e não fazer nenhum mal a ninguém.”

  2. Oi gente! é a primeira vez que comento no site (apesar de sempre que possível passar aki e dar uma lida), Bem… não é querendo fazer a linha Militante ( mas já fazendo!), Eu também faço parte do Grupo de Diversidade sexual Plur@l citado na primeira matéria sobre o casamento homossexual, o grupo tem uma “lista” no yahoo groups onde lá nós divulgamos desde textos de autores importantes engajados na causa LGBT, até receitas de bolo rsrs, mas, o mais importante para quem quiser conhecer ou participar das reuniões e ser um “Pluralista” hehehe é por lá que informamos os horários e locais das reuniões ( normalmente acontecem na UFES por motivo de que a maioria dos integrantes é cursando ou já se formou mas mora ali perto mesmo hehe) para se associar é só ter uma conta no yahoo e procuar o grupo e participar da lista , o link tá aki http://br.groups.yahoo.com/group/grupoplural/, espero que para as pessoas que querem fazer algo a mais na luta por nossa causa, do que só assistir , o comentário seja util (espero tanbém que não achem que to dando close de mais :p).
    Abraço a todos adoro o blog !!!

  3. O que mai me irrita é acharem q qremos CASAR na igreja. Gay nenhum fica discutindo ou exigindo isto. Apenas qremos os MESMOS DIREITOS. Mas esses pastores e membros das igrejas sao mo sacanas. Eles sabem q nao qremos casar na igreja, qremos apenas os MESMOS DIREITO LEGAIS, mas mesmo assim prejudcam . Pelo menos o Bispo ANTONIO AUGUSTO DIAS DUARTE já pensa um pouco melhor né… ” … a igreja nao se opõe ao casamento CIVIL entre homosexuais para a garantia de direitos civis… Nao podem privar duas pessoas que vivem juntas de seus direitos sociais ”
    Arrasou Bispo !
    Ao contrário do Ridiculo do Pastor… aff

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s