Ser ou não ser chique?


Da coluna do Wesley Sathler (jornal ‘A Gazeta’) de hoje:

wesley1

Ainda não sei o que pensar nisso. Já fui apresentado das duas formas, da maneira chique já senti nossa relação diminuida (“esse aqui é o amigo dele fulano-de-tal”). Do jeito ‘é o fim’ já vi pessoas constrangidíssimas com a situação por não saber lidar com o assunto. Enfim, acho que não sou fino mesmo. Como vocês fazem ou preferem que façam?

12 comentários sobre “Ser ou não ser chique?

  1. Acho luxo ser chamado de companheiro.
    Trabalhava numa empresa que quando me convidavam pra alguma festa de funcionarios e podia levar acompanhante, colocavam “fulanoi de tal e companheiro”
    Muito digno.
    A proposito, o nome do colunista ta grafado errado na chamada do post.

  2. Acho o fim é ser apresentado como amigo. Pra que disfarçar a real situação? Parece que os proprios gays sentem vergonha de apresentar como namorado. É namorado e pronto! Será que o Wesley gosta quando apresentam o namorado dele como amigo? Companheiro até vai. É mais discreto e elegante mas amigo nao dá. Parceiro pior ainda, parece negócio… só falta ser apresentado como sócio rss

  3. Concordo contigo, Dé! Ser apresentado como “amigo” não é muito agradável, sinto-me menosprezado de certa forma quando meu namorado me apresenta assim para determinadas pessoas… mas, dependendo da situação e a quem se está apresentando, não vejo outra alternativa. “Namorado” ou “esposo” realmente podem causar um certo desconforto ou constrangimento, afinal nem todo mundo está habituado a ver, conviver e lidar com essas situações e tais palavras podem soar um pouco chocantes. Então, por questão de discrição e respeito, prefiro “companheiro” também. Acho uma palavra mais polida e elegante ;D

  4. Eu prefiro ser apresentado como “amigo” mesmo. Do auto dos meus 19 aninhos não quero forçar meus pais ou os pais do meu namorando a passarem alguma situação que os faça sentir mal. Já dou muita moral por eles “aceitarem” nosso namoro entaum, porque não aceitar alguns simples limites?

  5. Eu ia fazer uma piada que veio praticamente pronta com esse post, mas a Kyle acabou comigo. O Wesley é mona mesmo? Assumidamente?

  6. Respondendo a Lee, a Bee:

    primeiro sou homem. (Vc falou a Kyle) Kyle é masculino. Feminino é Kylie. Se bem que uma vez me disseram que Kyle era unisex, podia ser masculino e feminino tambem… enfim, whatever. Talvez vc tenha se confundido mas se ja sabia que Kyle é masculino e só quis reforçar minha viadagem, arrasou! Adorei rss.

    Segundo: tipo, Vitória inteira sabe que ele é mona. Ele nao chega nos lugares falando iiiinnnnhhhhaaaaaaiiimmmm mas é só conversar 5 minutos com ele que vc percebe e saca. Fiquei sabendo até de umas histórias de supostos ex casos dele da época da TV Vitória mas não sei se são verdades as histórias, portanto não vou falar nada porque meu dinheiro não é capim pra eu ficar gastando com advogado em processo hehehe. Já basta os que já estou metido… affe!

  7. Não pensei duas vezes, mandei um hiper e-mail pra essa tal de Luciana falando q ela é uma hipocrita preconceituosa!

Comenta, beesha!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s